Segurança

Saiba a verdade sobre o Caso Eloá

Se aproveitando da miséria alheia e da infeliz curiosidade mórbida do ser humano por tragédias, a mensagem abaixo chega por e-mail se fazendo passar por uma notícia do jornal O Globo, com um link para download de video, sobre o caso da menina Eloá, de 15 anos, sequestrada, feita refém e assassinada pelo ex-namorado Lindemberg, com dois tiros à queima-roupa, dentro de sua própria casa, num conjunto habitacional de Santo André, Grande ABC de São Paulo.

Obviamente a mensagem é falsa e remete o usuário para um link malicioso, encapsulado como um arquivo do tipo CPL – executável pelo Windows por se tratar de formato reconhecido como Configurações de Painel de Controle. Veja como é fácil identificar a balela e não cair nas próximas que sejam parecidas.

  1. O site do jornal O Globo não envia notícias, notas, matérias e principalmente vídeos, para seus usuários ou visitantes. Especialmente se você não pediu para receber esse tipo de coisa, não se cadastrou no site ou mesmo sequer conhece O Globo (pensa!).
  2. Apesar de ter retirado uma fração de texto de uma nota verdadeira, o remetente semi-analfabeto da mensagem em questão adicionou uma frase para dar o tom “dramático e curioso” do golpe, mas esqueceu de passar um corretor ortográfico e mandou um “… informações sigilosas afirmão …”. Pô, “informações sigilosas” sendo divulgadas já é difícil de engolir. Um vídeo feito num local que estava fechado e nem os policiais conseguiram entrar a tempo, já é difícil de engolir. Mas “afirmão” foi de doer, fala a verdade!
  3. O principal e sempre deixado propositalmente por último: o link. Esse é o culpado por tudo. O texto que sugere o download de um vídeo direciona para http://oglobo.whyza.net/Videos/Downloads/Caso%20Eloa. Como assim “whysa.net“? O Globo é da Globo.com. Além disso, ao baixar o arquivo, percebe-se que não é um formato de vídeo e tem o nome de “TimVideoMensagem.mpg__id90698.cpl“. O semi-analfabeto citado acima além de semi-analftabeto é preguiçoso, pois usou um arquivo já utilizado em outro golpe e nem fez questão de mudar o nome.

O arquivo em questão foi identificado pelo antivirus Kaspersky Online como sendo um AdWare, not-a-virus:AdWare.Win32.Agent.gcf, um arquivo malicioso que expõe propaganda não solicitada em sua máquina e pode ser usado para direcionar usuários para sites onde o remetente possua algum tipo de parceria ou até mesmo para outros arquivos maliciosos que podem ser ainda mais prejudiciais ao seu computador.

Mensagem original

From: “O Globo – Noticias     < noticias@oglobo.com >” <noticias@oglobo.com>
Date: 21 de outubro de 2008 8h32min32s GMT-02:00
Subject: Fw: Fw: Saiba a verdade sobre o Caso Eloá
Reply-To: noticias@oglobo.com

Da Agência Estado.

A morte da garota Eloá, de 15 anos, complicou ainda mais a situação criminal de Lindemberg Fernandes Alves, de 22 anos, o ex-namorado da jovem que a manteve em cárcere privado por 101 horas. Segundo o delegado Luiz Carlos dos Santos, seccional de Santo André, Alves seria autuado em flagrante por três tentativas de homicídio, mas, agora, responderá por homicídio doloso e duas tentativas de homicídio, além de cárcere privado e periclitação de vida. A morte cerebral de Eloá foi anunciada, a polícia diz ter certeza de que os tiros que mataram e feriram Nayara foram disparados pela arma calibre 32 de Alves.   Porem informações sigilosas afirmão que um policial do GATE usava munição verdadeira, este video mostra a hora em que o policial atira na direção de Lindemberg e acerta Eloá.

Veja aqui tudo como aconteceu passo a passo.

Mensagem recebida por e-mail em 21/10/2008