Internet

Taxonomia e Folksonomia

Web 2.0 LabelQuem está envolvido em desenvolvimento web e antenado com os termos da chamada Web 2.0, certamente já ouviu falar nessas duas palavras: taxonomia e folksonomia. Ambos os termos se referem a classificação, ou a forma de organizar as coisas.

Taxonomia – Organizando

Ao ato de nomear as coisas e pô-las em ordem estabelecida e padronizada, dá-se o nome de taxonomia. Segue uma ordem pré-estabelecida e lógica, fruto de estudos e observações sobre as coisas, os animais, os planetas, o que for o objeto de classificação. Não é aleatório nem surge do nada. É como os biólogos classificam espécies de seres vivos, por exemplo.

Folksonomia – Pessoas

Derivada do termo “folk” que significa pessoa, povo, a palavra folksonomia quer dizer “classificação feita por pessoas”. Acreditando que cada indiví­duo possui uma lógica ao classificar algo, Thomas Vander Wal criou a expressão acima para definir a forma como as pessoas identificam o mundo ao seu redor. A associação com palavras-chave foi utilizada e adotada por muitos serviços hoje existentes na Internet.

Também conhecida como “tag” (rótulo, em inglês), as palavras-chave são associadas ao objeto de classificação e compartilhada com os outros indiví­duos. Dessa forma torna-se mais fácil a associação tanto individualmente quanto no coletivo.

O primeiro serviço na Internet a utilizar a técnica foi o Del.icio.us, um site que funciona como um bookmark coletivo e colaborativo. Na sequencia o Flickr e o YouTube adotaram a técnica, todos grandes sucessos na Internet.

Vários sites, principalmente blogs, atualmente adotam a folksonomia como sistema de classificação, utilizando-se de diretórios para compartilhar seus rótulos, como o BlogBlogs. Experimente clicar e visualizar a tag “Blogando24h” no BlogBlogs.

Aprofunde-se no assunto


Este artigo está participando da maratona Blogando24h.
Comente. Você pode ganhar uma camiseta![tags]Blogando24h, Taxonomia, Folksonomia, Padrões Web[/tags]