Internet

Será o fim da WikiPedia?

Larry Sanger, criador da WikiPedia, diz que seu site não é confiável e abandona o projeto. Isso aconteceu após o seu último encontro com o ministro da educação britânico, Alan Johnson. O ministro elogiou seu projeto, afirmando ser uma ótima fonte de pesquisas e informações para estudantes. Larry refutou as afirmações do ministro e completou:

Temo que Johnson não sabe ainda dos problemas que a Wikipédia possui, começando pela dificuldade da sua gestão, dos conteúdos muitas vezes não confiáveis e o envolvimento em uma série de escândalos. (…) A Wikipédia ainda é muito útil e foi um fenômeno interessante, mas chegamos í  conclusão de que não é uma fonte totalmente confiável. – Larry Sanger

Após vários escândalos envolvendo o site, principalmente no que tange ao seu bem mais precioso, a informação, Lary resolveu saltar do [BP]barco[/BP] e criar um novo projeto independente: O Citizendium. Segundo Sanger, a [BP]mecânica[/BP] é a mesma da WikiPedia, porém no novo projeto, as informações serão monitoradas constantemente por uma equipe de especialistas e professores universitários, para evitar erros.

Citizendium Logo

Talvez agora o Larry Sanger tenha mostrado finalmente a que veio e vai utilizar a imensa base da WikiPedia, formada e defendida por ele durante anos, para criar um projeto comercial explí­cito. Alguém aí­ duvida?

Fontes:  OitoPassos e Folha

Como em qualquer outra tarefa, quando alguém dedica seu tempo e esforço para a elaboração/execução de algum produto e este trabalho não é valorizado ou aceito, torna-se frustrante para a pessoa voltar a repetir tal ação.

Quando apagam algum artigo realmente merecedor de estar na enciclopédia, ou desfazem alguma alteração de valia ao artigo, apenas por divergências pessoas, cria-se sentimento parecido.

Isso desmotiva os usuários, que passam ver a Wikipédia não mais como verdade absoluta e sim como opinião de poucos se valendo de uma falsa relevância/importância.