Internet

Privacidade vs Liberdade na rede

Deu no G1 e na Info: YouTube pode sair do ar no Brasil!

Acho que já está na hora de repensar nossas atitudes. Tudo bem que a Daniella Cicarelli tem todo o direito de processar quem quer que seja que a tenha filmado fazendo sexo na praia para qualquer um ver. Tudo bem! Mas daí­ tirar do ar um site como o YouTube é apelação demais não? Além de ser meio difí­cil.

Vamos então tirar do ar também o Google Earth por ter fotografado e disponibilizado na rede alguns incautos que tomavam banho de sol pelados no telhado de casa. Vamos também fechar o Orkut, por não fazer nenhuma verificação de maioridade e expor as crianças ao seu conteúdo pornográfico, politicamente-incorreto e criminoso. Aproveitem e derrubem o MSN, que divulga virus que roubam as senhas de bancos de usuários desprevenidos com filhos adolescentes. Aliás, vamos fechar a Internet! Afinal, que bando de porcaria vemos por aí­ hein?

Vamos deixar de hipocrisia, minha gente. Vocês estão indo para as festas sem calcinha não é para aparecer na Internet? Não é para recuperar a fama perdida? Taí­! Quanto mais polêmica, mais aparecem.

Se quisessem mesmo privacidade, estariam em casa, no motel, indoor. Já basta de idiotice. Esse pessoal quer é ibope. Vamos ignorá-los que passa!

Agora voltando í s notí­cias de tecnologia … (desculpem o desabafo).

[UPDATE] Eu apóio essa campanha!

Todos falam em liberdade na rede, mas sequer perceberam que TODOS os e-mails no Brasil estão grampeados. Todas as pessoas que te encaminharam e-mails nos últimos meses estão logados.

A técnica é simples: ao encaminhar um e-mail ao Governador do seu Estado ou para o CyberCrimes o servidor do governo (ou provedor) irá verificar se você é ou não é um spanner em um centro de anti-spam chamado TQMCube que juridicamente fica na Geórgia / USA. Na prática tudo acontece aqui no Brasil em um servidor espelho, que contém log de TODOS que mandaram e-mails no Brasil e ainda podem bloquear somente o seu por SPAM. Além do governo, TODOS os provedores no Brasil receberam o kit anti-spam do Comitê Gestor Internet do Brasil (CGI.br/NIC.br/CERT.br), portanto ninguém escapa do grampo nos e-mails brasileiros.

Até TODAS as visitas web de TODOS no Brasil estão sendo grampeados e ainda podem bloquear somente ex. para os juí­zes alegando “site supostamente com ví­rus”.

Nos servidores da Justiça instalaram filtros que analisam o conteúdo do e-mail e bloqueiam alegando SPAM. Quem vai ser maluco a ponto de enviar centenas de e-mails vendendo produtos para a Justiça? E-mails contendo palavras como abusando.info são negados imediatamente pela Justiça.

Ninguém escapa, nem governador, nem parlamentar, nem o governo, nem a Justiça e muito menos nós pobres internautas.

Veja detalhes em http://www.abusando.info/denuncias/grampo.pdf
e salve uma copia em seu site.

Mas mude antes o seu DNS (veja em http://www.internetprotegida.org.br) para evitar que você seja o próximo a ser monitorado.

Abusando
http://www.abusando.info
abusando3@hotmail.com

hehe… fica bravo não, fião… acontece…
como diz o meu, velho e sábio, pai: Gente boba e estrada torta não acabam nunca.

o Sr. Desesmbragador que assinou, e o técnico que escreveu laudo que embasou esse impropério, são de um tempo em que haviam meios de se controlar as pessoas através da filtragem e manipulação da informação. Uma época que o sonho de todo megalomaní­aco era ser um ditador e vestir uma farda verde, mesmo que fosse de algum paizinho no meio do nada e esquecido por Deus.

E como eles teriam ficado famosos e felizes, como nos tempos em que tinham ereções, se fosse possí­vel controlar, mesmo que minimamente, a vida de um paí­s continental inteiro.

É, realmente, todo esse barulho por causa de uma banalidade colossal… (e falando da fama que se foi)nem a Carla Peres conseguiria superar esses dois com essa ideia de bloquear conteúdo.

Eles e o senhor Eduardo Azeredo, com a sua brilhante ideia de identificar todos os internautas e monitorar seus passos, depois da enchorrada de crí­ticas de toda espécie, devem estar pensando que seria melhor que tivessem ficado dormindo.

Viva a Internet e a era da informação sem controle!