Internet,  Negócios

A melhor arma contra a pilantragem é a informação

Infelizmente a pilantragem é tão presente em nossas vidas que já não nos assustamos ou indignamos com mais nenhuma forma de enganar o próximo em benefí­cio próprio. Ultimamente a forma que tem dado mais certo é uma fórmula velha, mas repaginada: pirâmide.

Rebatizada como “marketing multiní­vel” ou “marketing de rede” ou até mesmo “networking marketing“, a receita é a mesma: a pessoa é convencida de estar fazendo um negócio maravilhoso, desembolsa uma grana para entrar e depois descobre que a única forma de ter de volta o seu investimento é convencer outras pessoas de que se trata de ótima oportunidade, indicando-as para a armadilha e recebendo uma comissão sobre isso. De Javu? Sim, já vimos isso com produtos milagrosos de emagrecimento, potes de plástico e mais recentemente VoIP e sites de e-commerce.

Alguns golpes estão se alastrando tão rápido que já chamam a atenção da polí­cia, é o que diz essa reportagem no G1. A Polí­cia Civil de Ribeirão Preto (SP) está investigando um grupo que vem aplicando o golpe o comércio eletrônico em algumas cidades.

Como a quadrilha age

Você é convidado para presenciar uma apresentação num hotel de luxo, com um maravilhoso coffee-break, é recebido com aplausos (sério, um amigo meu foi num desses, mas felizmente não caiu) e apresentado ao “fabuloso” modelo de negócios.

Para participar você investe uma quantia de pouco mais de R$ 4.000,00 (quatro mil reais) e é disponibilizada uma “página” na Internet para que você possa vender seus produtos. Caso você não os tenha, o grupo fornece os produtos para venda em sua página. Acontece que em pouco tempo você descobre que não está vendendo nada e não tem como sustentar mais o modelo. Dessa forma, se vê obrigado a indicar o “grande negócio” para outras pessoas, pois em cada indicação você leva uma comissão.

O ciclo irá se repetir ad infinitum, só beneficiando o tal “grupo”, que não vende absolutamente nada. Zero. Vapor. As únicas despesas são as apresentações (que não são tão grandes, pois o “convidado” paga um ingresso para entrar).

Fique esperto

Dinheiro não dá em árvore e oportunidades “milagrosas” e “fantásticas” demais não aparecem assim da noite para o dia, nem são alardeadas aos quatro ventos. Se alguém tivesse um sistema perfeito de fazer dinheiro, por que ele venderia isso tão barato? Por que o tal grupo não está hoje fazendo um imenso sucesso com comércio eletrônico? Você por acaso já ouviu uma declaração da Submarino ou da Amazon dizendo que utilizam o sistema / modelo proposto por esse grupo?

Qualquer oportunidade que pareça tentadora tem que ser, no mí­nimo, verificada í  fundo. Idoneidade, notí­cias na Internet falando dela, processos na justiça contra as pessoas envolvidas, etc. Nenhuma prevenção é demais quando se trata de investir o seu tempo ou dinheiro numa nova empreitada. E nunca, mas nunca mesmo, invista um dinheiro que você precise em uma iniciativa que você não tenha certezas e garantias de retorno.

Jogo ensina a não cair em armadilhas

Muitas mensagens enviadas por e-mail, comunidades online e até mesmo MSN, fazem parte de outro grande esquema de pilantragem do mundo atual: Phishing Scam. Uma técnica muito conhecida de enganar o usuário contando uma “mentira virtual” e fazendo-o rodar algum aplicativo, preencher algum cadastro, instalar algum programa. Essas atitudes o deixam vulneráveis a golpes, chantagens, roubo de senhas, desvio de dinheiro, sequestros, etc.

Uma equipe de cientistas da Universidade Carnegie Mellon, nos EUA, desenvolveu um jogo que ensina aos usuários como se protegerem dessas mensagens. De acordo com eles, é muito mais eficaz treinar os usuários dessa forma, que utilizando tutoriais e documentos.

Baixe aqui a versão em inglês, chamada Anti-Phishing Phill e a versão em português (de Portugal) com o singelo nome de Anti-Phishing Zé, respectivamente, um peixe (phishing é uma corruptela do inglês “pescar”) e um sapo (bem, portugueses adoram sapos).

Mantenha-se informado

O site Balela.info trás dicas e informações importantes acerca dessas mensagens. Se você prefere ler, ao invés de jogar, esse é o lugar.

[BL:Livros]Prevenção a Golpes, Como evitar fraudes, Manual de Fraudes[/BL]

[tags]Golpe, Internet, Scam, Pirâmide, Marketing de Rede, Armadilha[/tags]

Olá eu tambem quase cai no golpe da piramide, eu estava pesquisando na net um emprego novo e apareceu no gogle uma propaganda de um site que ensinava como ganhar dinheiro online rapidamente, na hora eu fiquei tentado pelo valor em dinheiro oferecido (20 mil Reais por mez) só para divugar o site deles mas eu decidi pesquisar no gogle para saber sobre mais do assunto e só ai descobri que se tratava de um poderoso golpe aplicado pela internet, eu quase cai no golpe porque antes de pesquisar eu mandei um E-mail para o dono do site que estava aplicando o golpe e ele me pediu serca de 700 Reais para entrar para o esquema deles!! graças as minhas pesquisas pelo google que eu consegui me livrar dessa lavagem cerebral.

O marketing multiní­vel tem corrompido a Avon?
.
A Avon tem sido, e ainda é hoje, o pilar que sustenta a credibilidade da indústria de vendas diretas. Ela tem involuntariamente emprestado legitimidade para esquemas de marketing multiní­vel (MMN) que venderam revoltantes engodos na área da saúde, sendo que alguns desses esquemas foram processados por consumidores financeiramente arruinados e outros foram fechados pelos órgãos reguladores por serem considerados fraudes piramidais. Esses esquemas – fraudes flagrantes – que associam seu nome í  Avon tomando emprestado o status de \”venda direta” conseguem persuadir as pessoas passando-lhes a ideia que são empresas legí­timas. Qualquer um que já questionou a validade de qualquer empresa de marketing multiní­vel teve que responder ao instigante desafio: \”Você está dizendo que Avon também é fraudulenta”?
.
Um titã da Associação de Vendas Diretas, a Avon é, de fato, a maior embaixadora do marketing multiní­vel.
Mas, nos últimos anos, a maré pode ter se invertido. Considerando que a Avon tem sido usada para dar sustentação í  credibilidade do MMN, agora o MMN pode estar corrompendo Avon. Algo muito basilar ocorreu com a Avon, especialmente nos últimos seis anos, e essa mudança está manifestando agora maiores consequências negativas.
.
– A Avon é cada vez mais chamada de esquema de pirâmide pela crí­tica na Internet e por alguns ex-vendedores.
– Canal de vendas saturado – \”vendas” baseadas no aumento do número de vendedores que são induzidos a comprar produtos da empresa – parece ser uma estratégia oficial para compensar a demanda dos consumidores finais em declí­nio para a marca Avon numa economia em recessão.
– A diretiva de constantemente adicionar vendedores ao seu escalpe, mesmo com a queda nas vendas: pelo fato de os vendedores terem passado a vender menos, a Avon começou com uma indecorosa campanha publicitária baseada numa \”oportunidade de renda” ilusória para pessoas desesperadas e para os desempregados.
– As ações da Avon estão com desempenho em baixa.
– Agora a Avon está sendo investigada por conta de possí­veis violações ao Ato de Práticas de Corrupção no Exterior, ou seja, por estar corrompendo funcionários de governos estrangeiros com subornos.
– A Avon está também sendo investigada na China por violar a lei chinesa relativa a esquemas anti-pirâmide.
– Nos EUA, os acionistas estão impetrando ações judiciais coletivas contra a diretoria da empresa.
.
Continua em: http://industriadadecepcao.wordpress.com/2011/08/16/o-mmn-tem-corrompido-a-avon/
.
O artigo refere-se í  Avon nos EUA e em outras partes do mundo. No Brasil, ela ainda adota o sistema de distribuição mononí­vel.

Mais afinal, pq pagar 5 milha pra 1 site?
Um bom profissional te cobra 300 real, ce gasta mais uns 50 com hosting e pronto.

Quer participar duma “comunidade” e aumentar sua visibilidade? ML é pilantra mas pelo menos gera vendas reais.

É exatamente isso, ou te dão produtos para vender
onde os mesmos são bem mais baratos se comprados em loja
ou na americanas.

É uma praga que destrói famí­lias.
Soca o capitalismo exagerado na cabeça das pessoas.

a Polí­cia Federal poderia fazer um passeio aqui em Curitiba.

Esse golpe ainda continua muito ativo na internet e também em Rádios,já ouvi programas de uma certa Rádio com apresentadores divulgando e atraindo muita gente pra esse negócio incrí­vel que,com certeza irá mudar a sua vida,eles falam de marketing multiní­vel,marketing de rede,falam abertamente que será disponibilizada uma página na internet pra você,só sua,sem custo algum,eles montam todo um site pra você vender seus produtos,mas pra saber melhor você tem que participar de uma das reuniões deles.

A tal “mega” empresa OMNI está dando este Golpe, aqui onte moro algumas pessoas estão caindo nessa “rede de negócios”, e eu passei perto. Eles te vendem uma loja virtual, que não te dá o retorno do dinheiro investido, vendo que vai ficar no prejuí­zo vc entra pro esquem, trazendo outras pessoas. Felizmente, não levei o negócio a frente, e estou aliviado por também por não envolver mais ninquém. carlos henrique Guapimirim-rj

Texto excelente. O valor da informação é mesmo um grande instrumento contra a pilantragem. No caso dos direitos autorais – em que tenho relativa experiência -, a informação (ou o combate í  desinformação – dá no mesmo) surte efeitos muito positivos. Parabéns pelo post. Um abraço!

Estas armadilhas são velhas. Tem gente querendo inventar a roda. E nós, na busca de facilidades, do enriquecimento rápido nos deixamos iludir e caí­mos nelas.O povo e sua ambição é o maior culpado pela existência de todas estas pilantragens.

Amway e Herbalife reinventadas… Aqui em Bsb havia um golpe parecido, mas o que era oferecido era um tí­tulo de crédito para viagem. Reunião em hotel de luxo, 2.000 reais de aporte e você teria o tí­tulo. Só que a empresa era de fachada e, quando descobriam, alguns clientes tentavam a todo custo passar o tí­tulo adiante. Não chega a ser um esquema de pirâmide, mas a noção de que “não posso morrer com o mico na mão” é a mesma.

Já vi vários parecidos com esse, eu incluo inclusive o Herballife como uma empresa desse tipo.
Qualquer empresa de Marketing Multi Nivel tem a tendencia de só dar dinheiro pro cara que inventou !

Descreveu bem como são essas apresentações. Te aplaudem de pé, como novo integrante do grupo, dizem que sua vida está para mudar, apresentam cases de sucesso com pessoas que ganham 50 mil por mês sem sair de casa e aos poucos você vai acabando com sua vida, ficando sem amigos e se tornando “o chato que vende aqueles produtos” …

Já vi muita gente inteligente caindo nesses golpes. É uma pena.

Abraço