VAMOS GANHAR O LAP TOP?

Distribuição de laptops feita pela Ericsson ferve na Internet. Basta enviar 8 ou 20 e-mails e encher o saco de seus amigos (além de passar por tolo). Uma grande e velha balela que não passa de boato.

A mensagem abaixo pode chegar de algum amigo seu, que fora enganado e está repassando o boato adiante. Se refere a uma suposta promoção da Ericsson que estaria distribuindo laptops gratuitamente, bastando para isso apenas repassar alguns e-mails.

A própria Ericsson já se manifestou sobre a mensagem em seu site, além de diversos outros sites já terem falado sobre o assunto – que começou com a distribuição de celulares há mais de 5 anos – mesmo assim, a mensagem continua sendo propagada, o que nos leva a crer que os idiotas se multiplicam a ingenuidade na Internet nunca acaba.

Uma pequena pesquisa na Internet já acusa o falso e-mail. Não fossem os diversos sites alertando sobre a balela, é muito fácil também perceber que o T18 e o R320 não são “lap tops” e sim celulares – e dos antigos, da época em que WAP era uma sigla extremamente nova e revolucionária (algo que hoje o 3G promete ser).

Mais uma pequena dica. Nunca, mas NUNCA repassem e-mails que pedem para ser repassados. Principalmente com a velha afirmação “um conhecido de um primo do cunhado de um dos meus vizinhos falou que é verdade”. Gaste 2 minutos de seu tempo para fazer uma pesquisa no Google. Verá como é esclarecedor.

Mensagem original

Amigos,A empresa Ericsson está distribuindo gratuitamente “lap tops” com o objetivo de se equilibrar com a Nokia, que está fazendo o mesmo.

A Ericsson deseja, assim, aumentar sua popularidade. Por esse motivo, está distribuindo gratuitamente o novo Lap Top WAP. Tudo o que é preciso fazer é enviar uma cópia deste e-mail para 8 (oito) conhecidos. Dentro de 2 (duas) semanas você receberá um Ericsson T18. Se a mensagem for enviada para 20
(vinte) ou mais pessoas, você poderá receber um Ericsson R320.

Importante!

É preciso enviar uma cópia do e-mail para: Anna.swelung@ericsson.com

Segundo uma conhecida. Não é trote. Funciona.

Abraços,

Isabelle

Enviado por e-mail em 6/10/2007.

* Colaborou: Canha Fortytwo

[tags]Hoax, Boato, Ericsson, Laptop, Celular, E-mail[/tags]

kalyne disse:

oi tudo bem com voces ai esta a copia que voces pediram Anna.swelung@ericsson.com

Fabio disse:

Gostaria de saber oque fazer, se tem algum tipo de perigo e se o virus pode passar pra toda a minha lista de contatos.

Alberto V. disse:

Recebi esse hoax também e tratei logo de encaminhar para minha corrente não a mensagem original,mas o comunicado da empresa desmentindo tudo. Considerei isso o mínimo que eu poderia fazer.

bruninho disse:

auhsuhauhsuhasuhauhsuhuhauahsuhauhsuhasuh

o post é de 2008, só agora me chegou o email!!!

Abraços!!

Roberval disse:

Eu quero muito ganhar um LAP TOP,porque gosto muito de digitar e navegar na internet e baixar jogar jogos divertidos.

Roberval disse:

Eu quero muito ganhar um LAP TOP,porque gosto muito de digitar e navegar na internet.

joseli de oliveira disse:

A principio gostaria de deixar claro que minha opinião seria seguinte:
desde o alfa dos computadores nascer algumas pessaos procuram fazer esses trotes,adoram dizer que não é trote pedindo confiança,muitos fazem e acabam “perdendo” tal privacidade,no mundo mundo atual nós não temos um resquiço de privacidade digo a maioria claro.portanto eles nos monitoram e mandam nossos dados pra cima querem saber o que somos e o que fazemos sem apenas se importar com quem são essas pessoas,apenas para adquirir números para dizer que esta bom assim e “vamos pra frente”.nesse sentido quando ele se refere a nós se refere a ele eo seu vice hehehehehilário porém real vlw

Andre disse:

Vcs se esqueceram de citar sobre qual seria a tecnologia de hoje em dia para se “rastrear-informações-contidas-em-E-mails-de-desconhecidos-e-contabilizar-‘pontos’-aos-seus-remetentes”. A não ser que fosse possível todos os servidores de e-mails serem o mesmo… Essa “contabilização” é bastante impossível, bastaria as pessoas pensarem por alguns segundos antes de seus instintos gananciosos falarem mais alto.