Usuários do Yahoo! não aprovam venda para a Microsoft

Para quem está voltando agora do carnaval, a notí­cia pode ser novidade: a Microsoft ofereceu 44 bilhões de dólares pela Yahoo!. Cerca de 27 vezes o que o Google pagou pelo YouTube – tá certo, a Yahoo! tem toda uma gama de serviços que podem valer esse preço, mas apesar da oferta “irrecusável”, talvez a […]

MS hates youPara quem está voltando agora do carnaval, a notí­cia pode ser novidade: a Microsoft ofereceu 44 bilhões de dólares pela Yahoo!. Cerca de 27 vezes o que o Google pagou pelo YouTube – tá certo, a Yahoo! tem toda uma gama de serviços que podem valer esse preço, mas apesar da oferta “irrecusável”, talvez a venda não aconteça – o que seria macho pagarai da parte do Yahoo!, como disse o Felitti.

Poucos a veneram; menos a odeiam

Gigantes como a Microsoft e a Google possuem sua legião de adoradores e odiadores. Guardadas as devidas proporções, não é novidade que a legião de odiadores da Microsoft supera, em muito, quem não gosta do Google e da Apple – outra gigante “ame ou odeie”. Até então a Yahoo! tem se saí­do muito bem nesses embates, talvez por não representar nenhum tipo de ameaça corporativa e ter entrado de uma forma legal no jogo da Web 2.0. Alguns dos serviços mais utilizados pelos geeks são da Yahoo!, entre eles o Flickr, Delicious e Upcoming.

Os usuários do Y! gostam dos seus serviços e os que não são usuários, normalmente não “desgostam” ou chegam a utilizar vez ou outra algo em seu portfolio – nem que seja a busca, o Yahoo Respostas ou mesmo o Yahoo Grupos. Existe uma simpatia pela empresa, no geral. E isso vai mudar bastante se a Microsoft conseguir comprá-la.

Não rolou a quí­mica

Várias manifestações de usuários de produtos Yahoo! já surgiram na web expressando sua posição contrária í  venda. Muitas delas com argumentos plausí­veis como receio do monopólio (me incluo), outros com receio que a MS faça reserva de mercado nos produtos, fazendo-os funcionar corretamente apenas em seu navegador (o que não é difí­cil de acontecer), mas a grande maioria é de depoimentos apaixonados – ou no caso da MS, exatamente o contrário.

scared of MSOs usuários não querem que a filosofia aberta da Yahoo seja manchada pelos conceitos fechados da MS, receiam que a empresa estrague seus serviços preferidos (quem não se lembra das cagadas ao comprarem o HoTMaiL?), etc. Alguns até apelaram para que a Apple dê um lance maior – para uma empresa que sequer estava í  venda!

O fato é que a Microsoft ao comprar a Yahoo! poderá tentar fazer frente ao Google – seu interesse principal – mas perderá muitos dos seus atuais usuários. As pessoas ameaçam deixar os serviços pagos e gratuitos da Y! caso a mudança ocorra. Isso fez com que a empresa pedisse um tempo para avaliar a proposta feita pela gigante de Redmond – tá bom, não foi apenas isso, mas é parte importante do processo – mesmo estando bem mal das pernas já há algum tempo.

Mesmo comprando a Yahoo!, a MS não bate a Google

Bill Gates perdeu tempo demais apenas se preocupando com as “tais internets” e acabou por deixar escapar a grande chance que tinha de se manter no topo do mercado online.

A Microsoft demorou para acreditar que as internets teriam futuro. É famoso o memo do Bill Gates alertando o board da fabricante do Windows que teriam que prestar atenção nessa tal de internets. Os tubos talvez valham dinheiro, pensaram na época.

Alexandre Fugita, no Techbits

Essa falta de crença no mercado web proporcionou ao Google, que investiu todo seu esforço online, o crescimento que presenciamos e hoje causar pavor no pessoal do Bill. Um medo talvez ainda maior que o declarado pelo Linux, alguns anos atrás, quando o crescimento do sistema operacional livre assustava (mas não batia) o Windows. O que dizer então de uma empresa que não só assusta como supera (de lavada) a MS num campo que ela nunca dominou?

Resta saber se a Yahoo! vai conseguir evitar a venda com esta oferta tão generosa ou se a MS vai abocanhar uma das últimas empresas ainda existentes nascidas juntamente com a Internet. E se conseguir? Qual será o destino dos serviços mais interessantes do Yahoo!?

[tags]Microsoft,Yahoo,Google,Flickr[/tags]

Não entendo como alguém possa «não ver com bons olhos» o crescimento do Google e concordar com a compra do Yahoo! pela Microsoft, uma empresa bem mais «feroz» que o Google.

Desagrada-me qualquer tipo de hegemonia, e uma fusão Yahoo! + Microsoft pode não alcançar o Google, mas refortalece uma empresa que já provou não ter respeito por nada além do próprio lucro.

[]’s
Cacilhas, La Batalema

Bruno disse:

Pessoalmente eu gostaria de ver essa compra acontecendo. Não vejo com bons olhos esse crescimento feroz do Google sem nenhum concorrente de peso. Acho que no final seria melhor para o consumidor final.

Lu Monte disse:

Não dá pra imaginar o Yahoo!, seus produtos e sua imagem atrelados í  Microsoft. Ainda se fosse ao Google…