Tema: redes-sociais

Motorola Dext com MotoBlur – Hands On

Nessa sexta-feira (anteontem) fui convidado pela Motorola para o lançamento do seu mais novo celular com Android lançado no Brasil, o Motorola Dext com MotoBlur (uma aplicação que o torna integrado com redes sociais). Todos os convidados – pelas minhas contas, umas 100 pessoas – levaram de presente um aparelho. Eu fui um dos sortudos e aproveito esse momento para compartilhar com vocês as primeiras impressões que tive do Dext.

Continue lendo “Motorola Dext com MotoBlur – Hands On”

Sonico abre escritório no Brasil

sonico_logoAo contrário do Facebook, o Sonico entra com força no Brasil a partir de agora. Inaugurando o escritório no paí­s, a rede social criada na Argentina fez uma coletiva de imprensa hoje para anunciar seus projetos para as terras tupiniquins.

Já são mais de 9 milhões de usuários brasileiros, cerca de 60% deles acessando o site pelo menos 1 vez por mês. Esse montante já representa 22% do total de usuários da rede social, maioria verde-amarela em número, tráfego e rentabilidade. Apesar de concetrar a maioria de sua atividade na América Latina, o Sonico está espalhado em dezenas de paí­ses, representando um total de 43 milhões de usuários (wow).

Para Rodrigo Teijeiro (30), no entanto, não é a quantidade que a rede social está buscando, mas a qualidade. Tanto que uma equipe de 20 pessoas, ajudada por uma série de recursos tecnológicos, faz uma moderação pró-ativa do conteúdo do Sonico. Todo conteúdo suspeito, sejam mensagens, usuários, fotos, videos, é avaliado pelos sistema e parte das vezes pela equipe de moderação. Não é permitido conteúdo que infrinja a lei, pornografia, ofensas, etc. O Sonico faz de tudo para manter um ambiente saudável e seguro para todas as idades. “Nós acreditamos que redes sociais não devem estar restritas aos maiores de idades” – disse Teijeiro – “para isso é necessário garantir que o ambiente seja propí­cio, familiar, seguro”.

Perguntei sobre ações judiciais, já que a moderação pró-ativia pressupõe responsabilidade pelo conteúdo – o que sabemos não ser necessariamente verdade, já que se trata de UGC – mas Teijeiro afirma não ter nenhum receio. “Em todo o tempo que estamos presentes no Brasil, até hoje não tivemos nenhum incidente com a Justiça Brasileira”, afirma. Ponto pra eles. Continue lendo “Sonico abre escritório no Brasil”

Convite para o novo Orkut. A Google repete a estratégia inicial

Novo Orkut : CoresO Orkut vai mudar, mas, inicialmente, não para todos os usuários. Repetindo a estratégia de sucesso do seu lançamento, para visualizar o novo site o usuário precisa ser convidado por outro que já possua a nova interface habilitada. Alguns usuário foram sorteados e já estão visualizando e testando o novo Orkut.

Com essa estratégia, o Orkut espera repetir o mesmo burburinho gerado no iní­cio das atividades da rede social no Brasil. As pessoas ficaram curiosas sobre o serviço e começavam a procurar entre os amigos e na Internet por convites. Nessa procura, acabavam gerando o interesse de outras pessoas que não haviam ouvido falar do site.

A nova interface do Orkut segue a tendência mundial dos sites de redes sociais: ser parecido com o Twitter. A seção de “atualizações” que hoje ocupa uma parte inferior da tela, virou a vedete da primeira página, da mesma forma que o Facebook fez meses atrás. A pergunta no topo, “What are you up to?”, incentivando o usuário a dizer algo para seus amigos (tal qual o Twitter e Facebook), comprova a tendência.

A estrutura do site não mudou muito, mas as alterações ao meu ver, tornaram a navegação mais simples e a aparência mais leve e limpa. Além disso, a personalização de suas páginas também será liberada. Tanto as cores do seu perfil podem ser alteradas quanto a seção “Sobre Mim” poderá utilizar mais que texto, ganhando opções de adicionar fotos, ví­deos ou aplicativos Open Social.

Num cenário onde o Facebook vem crescendo no Brasil, esse pode ser um passo importante para o Orkut manter sua liderança nesse mercado, ganhando talvez um novo fôlego.

Para saber como ganhar acesso ao novo Orkut, fique ligado em sua lista de amigos. Quem tiver o sí­mbolo í­cone do novo orkut ao lado de seu nome, já está usando a nova versão e provavelmente tenha convites para distribuir. É só pedir.

PS: Preparem-se para vendas de convites para o novo Orkut no Mercado Livre em 5 … 4 … 3 …

Mark Zuckerberg, criador do Facebook, no Brasil

Mark Zuckerberg, o fundador do gigante das redes sociais, o Facebook, participou hoje de um encontro com uns poucos blogueiros em São Paulo. Eram cerca de 10 autores e eu fui um deles. Um papo informal, nos disseram no convite, de apenas 1 hora (que acabou diminuindo).

Mark é o estereótipo da Geração Y. Visual despojado, tranquilão, na dele. Antes do papo, sua assessora conversou conosco sobre sua timidez e a dificuldade que ele tem em entender o “inglês falado pelos brasileiros“. Por conta disso, uma tradutora o acompanhou durante a conversa, traduzindo nossas perguntas feitas em português, por solicitação do Mark. Bom, sua dificuldade eu percebi, quando um dos convidados tentou perguntar em inglês e ele pediu pra repetir, já sua timidez … sinceramente não vi.

Como esperado de alguém muito jovem – Mark, que ficou milionário com seu Facebook antes mesmo de completar 20 anos, hoje tem 25 – Zuckerberg falou muito sobre suas convicções sobre o produto, sua visão otimista, sem se aprofundar em detalhes ou mesmo citar os assuntos estratégicos, comerciais e de negócio (o que eu estava ávido por saber). O grande foco da conversa, e que aparentemente será a vedete do encontro com desenvolvedores de amanhã, foi o Facebook Connect, a nova plataforma do Facebook para atrair desenvolvedores de aplicativos e integrar sites de fora de sua rede. Continue lendo “Mark Zuckerberg, criador do Facebook, no Brasil”

Eventos que rolaram nos últimos meses

Sei que estou em débito com o blog faz tempo e fico tranquilo com o fato de vocês saberem que quanto menos escrevo aqui, mais coisas eu posso fazer pela blogosfera, desde que assumi o BlogBlogs. Mas não posso e nem quero simplesmente abandonar esse espaço, que além de ser o principal motivo do meu trabalho, é algo que eu gosto de fazer – e me angustia í s vezes por faltar-me tempo.

Como nas últimas semanas aconteceram alguns eventos interessantes, alguns dos quais eu participei, e também por estarem para ocorrer mais alguns, resolvi fazer um post-resumo para vocês acompanharem. Alguns deles ainda rendem posts futuros, assim que eu conseguir terminar.

SMX Expo – Agosto

O tal Search Marketing Expo que rolou no iní­cio de agosto deixou muito a desejar. Desde a organização do evento, bastante confusa, com falhas de horários e infra, até o formato que inviabilizava um bom conteúdo. Foram vários painéis com diversos painelistas cada, fazendo com que cada um tivesse apenas 10 a 15 minutos para expor seu conteúdo sobre o tema.

Alguns dos nomes presentes vieram de muito longe e tinham muita coisa para falar… shame. Foram cortados no meio ou tiveram que literalmente correr com suas apresentações para dar tempo de terminar. Os outros, que sabiam do formato provavelmente, nada mais fizeram que jabá. O ambiente, dividido em duas salas – corporate e advanced – nada tinha de novo a acrescentar e frustrou a platéia, que pagou caro e foi mal servida. Shame.

O mais interessante foi justamente o último painel, composto por usuários de Internet, teoricamente o público alvo da maioria dos profissionais presentes. Digo teoricamente porque as atitudes e respostas dos usuários foram contra a maior parte do que foi dito durante todo o SMX e uma conclusão do que muitos de nós já sabemos: usuário médio tem cegueira para anúncios. Numa busca orgânica feita por vários dos presentes, observamos com interesse NENHUM deles clicar num link patrocinado dos resultados de busca. 🙂

Seminário INFO Redes Sociais – Agosto

Sem muitas novidades para quem vive de Midia Social, o Seminário INFO se mostrou um evento médio em conteúdo, mas mesmo assim relevante. Com uma organização muití­ssimo bem feita (aprendam, SMX), participantes de diversas áreas e bons palestrantes, valeu a pena a presença não só pelo networking.

Infelizmente, como todo evento desse tipo, muito jabá e um ou outro equí­voco não passou despercebido. Mas pisada na boal mesmo foi justamente o painel que envolvia blogueiros. Com o tema nada batido “Blogs Corporativos”, deixaram de convidar pessoas que poderiam ter muito o que falar sobre o assunto com propriedade e acabaram misturando, desde a pergunta inicial do moderador sobre as “geladeirinhas da i9” (qual a relação da campanha com o tema?) í  participação do blogueiro da Veja, Reinaldo Azevedo, que foi armado de más intenções e sua vasta experiência sobre o tema (?!?!?) para “causar” (e causou, pegando os outros blogueiros direitinho). Sobrou espetada pra todo lado e o tema do painel… bem, qual era o tema mesmo?

BlogCamp SP 2008 – Agosto

O grande encontro que realizamos eu, a Lúcia Freitas e o Tonobohn no ano passado, repetiu-se esse ano. A idéia era fazer algo para um público entre 300 e 500 pessoas, mas não conseguimos espaço para tanta gente. Acabou sendo realizado no Gafanhoto por obra e graça da 100% Lu Freitas com a fiel e importantí­ssima ajuda do nosso amigo Ricardo Cobra. Esse ano, nem participar direito eu consegui, infelizmente.

Mais apertado que ano passado, as vagas não deram pra quem quis, mas o calor humano foi beneficiado com isso ;-). Encontrar amigos, bater papo sobre alguns temas, apresentar projetos pessoais, abrir a discussão sobre assuntos em comum, tudo com democracia, todo mundo pode falar. Esse ano ainda tivemos uma experiência com oficinas, que foi bem recebida pela comunidade e está incluí­da no calendário para os próximos eventos.

Mais relatos na Lúcia, Cobra, Lu Monte, .faso, Yassuda, outros blogs e fotos do Flickr

Digital Age 2.0 2008 – Outubro

Até o momento, o evento mais interessante de 2008 foi, sem dúvida, o Digital Age. Não sei se pelo fato de estar presente na maioria dos eventos de tecnologia e Internet, ou quem sabe porque os palestrantes são quase sempre os mesmos e os assuntos giram em torno da mesma temática (ou quem sabe tudo isso junto), há sempre a sensação de “mais do mesmo” e ficamos felizes pelo networking, encontrar os amigos, etc. Mas quem paga caro para ir a um evento desses, quer mais do que pode ser oferecido em um #NerdsOnBeer, certo?

O Digital Age é um evento voltado a negócios digitais. Na platéia há muitos conhecidos, no palco, alguns, mas em sua maioria, pessoas que não esbarramos diariamente, potenciais clientes, parceiros, concorrentes, etc. Gente de diversos skills e os mais variados ní­veis de conhecimento em tecnologia e Internet. O grande barato é poder discutir mais que “mais do mesmo” e observar o feedback das pessoas, sob sua perspectiva. Diversidade.

O evento aconteceu nos dias 1 e 2 de outubro, no WTC / SP, e trouxe pessoas inteligentes e interessantes, dentro e fora do palco. Realizado pelo pessoal do IDG Now!, levou esse ano 20 blogueiros como imprensa (ano passado convidaram 8 e foram 2: eu e o Fugita), palestrantes internacionais e nacionais, e teve um dos LiveStreams mais participativo de todos. Quase 1.500 interações em 2 dias de evento, tempo médio de permanência de 50 minutos. Um recorde!

Outros virão

Como o texto acabou levando mais tempo do que eu imaginava, deixo a parte dos eventos que ainda não aconteceram para um próximo post. Espero que possa escrevê-lo enquanto eles ainda sejam “próximos eventos” e não mais um resumo do que passou. 😉