Tema: Orkut

Descanse em paz, Orkut

R.I.P. Orkut 2004-2014

Após 10 anos de existência e, desses, uns 4 de ostracismo e abandono, o Orkut fechará suas portas no dia 30 de setembro. O anúncio veio do próprio Google, que agradece o tempo dedicado e lamenta aos que ainda utilizam a plataforma, depois de anos sem qualquer investimento ou pronunciamento sobre o futuro de sua primeira rede social.

O Orkut nasceu como um projeto pessoal de um engenheiro do Google – cujo nome foi utilizado para batizar a ideia – em seu tempo vago. Até hoje a empresa incentiva que seus funcionários criem coisas diferentes dos seus projetos habituais e foi num desses momentos que Orkut Büyükkökten acabou desenvolvendo a rede, e nós agradecemos até hoje ele não tê-la batizado por seu sobrenome.

Apesar do imenso sucesso no Brasil (e em alguns países do oriente), o Orkut nunca “pegou” no resto do mundo, perdendo no início para o mySpace e depois para o Facebook, e por esse motivo nunca recebeu muita atenção da empresa. O Google, aliás, chegou muito tarde nas redes sociais (depois da falha em não investir no Orkut) e hoje se arrasta no Google Plus tentando angariar adeptos (porque cadastros eles já empurraram obrigatório na garganta de toda conta Google, certo?). É bem provável que esse falecimento decretado, com data de enterro e tudo, seja mais uma tentativa de atrair usuários para o Plus, mas quem vai saber? Se o Orkut ainda atraía usuários fiéis, eu acredito que seja por conta do seu formato, que o Plus não herdou e sequer chega próximo do similar.

Comunidades ou afinidades?

Uma das grandes funcionalidades do Orkut que o tornaram útil por tantos anos foram as comunidades. Nelas o objetivo era estimular a discussão, a conversa entre pessoas conhecidas ou não, a troca de informações e de experiências. O que aconteceu efetivamente e por isso foi muito útil. Por se tratar de uma rede fechada às buscas do Google (inicialmente), muita gente entrava para pesquisar determinados assuntos e por vezes os resultados eram de melhor qualidade que na busca geral da web. Mas as comunidades também tinha uma outra funcionalidade: definir características da personalidade do usuário.

Quem não se lembra de comunidades famosíssimas, como: Eu odeio acordar cedo; Sou legal, ñ tô te dando mole; Sua inveja faz a minha fama; A gente se fode mas se diverte; Tocava campainha e corria; Eu amo a minha mãe; Deus me disse: desce e arrasa; Bocejei ao ver essa comunidade; Eu abro a geladeira pra pensar; Eu tenho medo do Plantão; Cala a boca… e beija logo; Se eu morrer, minha mãe me mata. Entre piadas, comunidades que acabam gerando novas amizades, a maioria era utilizada apenas como traço de personalidade, não havia interação – tirando algumas poucas pessoas e muitos spammers.

Comunidades Orkut

Esse tipo de característica não se encontra no Facebook ou no Plus, simplesmente porque o formato dessas redes prioriza a interação. A presença de um “newsfeed ou timeline” que não existia nos primórdios do Orkut e mesmo depois das atualizações não incluía postagens dos fóruns, acabava por estimular a “ostentação” das comunidades – que ficavam em local de destaque no perfil – como “badges” ou insígnias. Algo como usar um button de sua banda preferida ou com frase engraçadinha. As comunidades do Orkut eram os buttons digitais.

Essas e outras características, como as brincadeiras de “beija ou passa” que rolavam nas comunidades, não foram migradas com sucesso para outras redes. Então, podemos dizer que o Orkut morre levando seu legado consigo, de uma época da Internet moleca, sem comprimisso, sem #mimimi, de várzea ;).

O que fazer antes do dia 30 de setembro

Se você ainda tem um perfil abandonado por lá, pode importar todas as suas mensagens, scraps, perfil e testimonials através do Google Takeout e importar suas fotos para o Google Plus. Suas comunidades, caso sejam públicas, ficarão disponíveis em modo somente leitura, numa espécie de “museu das coisas velhas” que o Google vai fazer com o Orkut, então, se você quiser que suas comunidades fiquem disponíveis para os arqueólogos digitais do futuro, você precisa mudar a privacidade delas. Já se for o contrário e você não quiser mais que seu nome ou suas mensagens apareçam vinculados ao Orkut, você precisa removê-lo de sua conta Google.

Outras informações sobre o que você pode fazer antes do Orkut dar adeus, você encontra na página de suporte dedicada ao assunto: Time to say goodbye to Orkut.

Quer compartilhar alguma lembrança boa que o Orkut lhe dá/deu? Usa os comentários abaixo.

Banco do Brasil transforma Internet Banking em Orkut

Sou cliente do Banco do Brasil desde 1997, mais ou menos. Foi a minha primeira conta corrente, aberta e gerenciada por mim. Desde então já fui cliente Bradesco, Bamerindus, Itaú, Unibanco, Santander e nenhum deles conseguiu ser tão claro em seus Internet Bankings, quanto o BB tinha sido até hoje.

Já fazem uns dias que não acesso o BB, mas hoje precisei e fui surpreendido com um aviso de que o acesso iria mudar. Normal, bancos que se prezam fazem upgrades e nós sempre esperamos que seja para melhor, certo? Como todo curioso e early adopter eu cliquei para usar a nova interface. Ora, vai mudar de qualquer forma, então, quero usar antes pra me acostumar.

O que meus olhos viram na sequência, minha mente custou uns bons segundos de paralisia para acreditar. Continue lendo “Banco do Brasil transforma Internet Banking em Orkut”

Teste agora o Orkut Ouro

Inicialmente, o Orkut Ouro foi apenas uma brincadeira, criada pelo estudante de Engenharia da Computação Pedro Vanzella (19), em um momento de ócio criativo, para se divertir um pouco e se livrar do tédio. Ele colocou em seu perfil do Orkut um álbum de fotos com uma mensagem de bloqueio, informando que apenas veriam aquelas fotos os usuários que possuíssem uma conta “Ouro”.

Com o sucesso rápido da brincadeira, que foi montada durante a madrugada e no decorrer do dia já tinha se espalhado tanto no Orkut quanto no Twitter, Pedro publicou um post em seu blog e Twitter, e um amigo criou o site www.orkutouro.com.br (já removido). O que Pedro não imaginava era que as pessoas iriam acreditar na brincadeira. “Tudo era piada: o álbum no Orkut, a mensagem no blog, os tweets. Todo mundo que me segue no Twitter e estava passando adiante sabia que era piada.” afirmou Pedro, por telefone, ao repórter do site de notícias G1.

E realmente muita gente sabia que era uma piada, e colaborou para espalhá-la ainda mais. O problema é que algumas pessoas caíram na pegadinha e enviaram e-mails para o Pedro, com seus dados pessoais e senha do Orkut, tentando uma oportunidade de acessar a tal conta “Ouro”. Ficou descontrolado. O estudante pediu conselho a um advogado, que sugeriu um pedido público de desculpas e foi prontamente atendido. Toda a brincadeira que Pedro publicou também foi retirada do ar e, se a Google – detentora das marcas envolvidas – não resolver processá-lo por uso indevido de marca, vai terminar tudo bem. Ou não.

Onde mora o perigo

Nós bem sabemos que bandidos são oportunistas e não é muito difícil algum pilantra ter a “brilhante” ideia de pegar a brincadeira inofensiva do Pedro e enviar por e-mail, com um trojan em anexo, para enganar um monte de gente, roubar senhas e dinheiro de verdade de suas contas bancárias.

Alguns esclarecimentos são necessários para evitar cair em um golpe como esses:

  • Não existe o tal Orkut Ouro. Acredite, foi apenas uma brincadeira.
  • Quando a Google lança novidades, você fica sabendo diretamente do site. Exemplo: o novo Orkut, você ficou sabendo um dia dentro do Orkut, quando alguém te convidou ou apareceu um botão lá pra testar, certo? O Google Buzz, lançado há 2 dias, foi a mesma coisa, apareceu dentro do Gmail e pronto. Então, desconfie de e-mails te oferecendo novas features ou serviços, da Google ou qualquer outra empresa.
  • Nenhuma empresa vai pedir sua senha em um site estranho para você entrar ou testar um novo serviço. Fuja disso.
  • Se você receber um e-mail pedindo pra “baixar” o tal Orkut Ouro, caia fora, além de mentira é roubada – literalmente. Algum trojan banker maledeto vai te tirar tudo antes que você repita “antivírus”.

A tela falsa do Orkut Ouro

Convite Oficial – Novo orkut

Essa infelizmente vai pegar muita gente. No centro do desespero atrás de convites para o novo Orkut, os principais responsáveis pela infecção dos computadores paternos e maternos (os adolescentes e seus Orkuts e MSNs) vão cair como patinhos, não resistindo a tentação de clicar no botãozinho do tal convite.

Um olhar mais atento poderá salvar as pessoas desse golpe. Basta saber que:

  1. O Orkut não precisa (e certamente não irá) enviar milhões de e-mails quando mudar sua versão do Orkut. O trabalho que a Google vem fazendo para gerar o burburinho já fez com que todo mundo soubesse da existência da nova “cara” da rede social preferida dos brasileiros, e quisessem desesperadamente vê-la.
  2. A identidade visual utilizada é MUITO diferente da do Orkut.
  3. Eu nunca vi a Google Brasil se auto-anunciar em um e-mail sobre qualquer produto deles. “A Google Brasil convida”? Vamos lá gente, menos cliques, mais cérebro.
  4. Mesmo passando por todos esses ítens, um cuidado com o link é essencial. A URL leva para um domínio que não é da Google, e pede para fazer o download de um arquivo do tipo .SCR (proteção de tela do Windows). Como uma proteção de tela poderia ser, de alguma forma, um convite para o novo Orkut? Na verdade é um Trojan, muito provavelmente do tipo banker (como a maioria dessas pragas).
  5. Uma “piada” no e-mail: o Orkut como “a maior rede social do mundo”. Os mal-informados bandidos não sabem que o Orkut só foi adotado no Brasil e parte da Índia. No resto do mundo brigam pelo espaço o Facebook e mySpace (ainda).

Mensagem original (screenshot)

Convites Novo Orkut BALELA

Mensagem original (texto)

De: orkut <5148662862542160820@mail.orkut.com>
Assunto: ::.Convite Oficial – Novo orkut.::
Data: 15 de novembro de 2009 10:57:33 BRST
Responder A: orkut <5148662862542160820@mail.orkut.com>

CONVITE OFICIAL

A Google Brasil convida você a conhecer as novidades do Novo Orkut e entender o que há por trás da maior rede social do mundo.

Novo visual, novos aplicativos, e muito mais rápido!

INICIAR O NOVO ORKUT

Convite para o novo Orkut. A Google repete a estratégia inicial

Novo Orkut : CoresO Orkut vai mudar, mas, inicialmente, não para todos os usuários. Repetindo a estratégia de sucesso do seu lançamento, para visualizar o novo site o usuário precisa ser convidado por outro que já possua a nova interface habilitada. Alguns usuário foram sorteados e já estão visualizando e testando o novo Orkut.

Com essa estratégia, o Orkut espera repetir o mesmo burburinho gerado no iní­cio das atividades da rede social no Brasil. As pessoas ficaram curiosas sobre o serviço e começavam a procurar entre os amigos e na Internet por convites. Nessa procura, acabavam gerando o interesse de outras pessoas que não haviam ouvido falar do site.

A nova interface do Orkut segue a tendência mundial dos sites de redes sociais: ser parecido com o Twitter. A seção de “atualizações” que hoje ocupa uma parte inferior da tela, virou a vedete da primeira página, da mesma forma que o Facebook fez meses atrás. A pergunta no topo, “What are you up to?”, incentivando o usuário a dizer algo para seus amigos (tal qual o Twitter e Facebook), comprova a tendência.

A estrutura do site não mudou muito, mas as alterações ao meu ver, tornaram a navegação mais simples e a aparência mais leve e limpa. Além disso, a personalização de suas páginas também será liberada. Tanto as cores do seu perfil podem ser alteradas quanto a seção “Sobre Mim” poderá utilizar mais que texto, ganhando opções de adicionar fotos, ví­deos ou aplicativos Open Social.

Num cenário onde o Facebook vem crescendo no Brasil, esse pode ser um passo importante para o Orkut manter sua liderança nesse mercado, ganhando talvez um novo fôlego.

Para saber como ganhar acesso ao novo Orkut, fique ligado em sua lista de amigos. Quem tiver o sí­mbolo í­cone do novo orkut ao lado de seu nome, já está usando a nova versão e provavelmente tenha convites para distribuir. É só pedir.

PS: Preparem-se para vendas de convites para o novo Orkut no Mercado Livre em 5 … 4 … 3 …