Tema: Internet

Drop shipping. Como ganhar dinheiro sem sair de casa

Muitos sites na Internet prometem uma solução de negócio que vai deixá-lo rico em pouco tempo, exibem grandes testemunhos dizendo o quanto ganharam em X horas de trabalho diários e obviamente, cobram o preço do “segredo”. Como toda e qualquer “laranja madura na beira da estrada”, convém sempre desconfiar. Pois eu vou lhes dizer do que se trata.

O grande e terrí­vel segredo é vender o que não é seu. Ser representante ching-ling no Brasil sem ao menos conhecer o produto, o vendedor ou o fabricante. O nome dessa técnica é drop shipping. Continue lendo “Drop shipping. Como ganhar dinheiro sem sair de casa”

BBB8, Bloglog, layout novo. Será que a Globo entendeu a Web 2.0?

Globo BBB8Nos últimos dias temos acompanhado alguns lançamentos da Rede Globo “inspiradas” no que convencionamos chamar de Web 2.0. Primeiro foi uma mudança radical em seu layout da home, simplificando (até demais) tudo, tornando extremamente leve, usando DIVs ao invés de tabelas (o que não significa exatamente seguir os padrões web), usando tags e outros elementos vistos em blogs e serviços dessa geração. Simplificou demais, acabou ficando pobre, sem graça.

Na sequência, foi lançado o Bloglog (Que poderia se chamar Globolog ou Glob, hã?) – um serviço que agrega blogs de globais e outros famosos, que em sua grande maioria nunca tinha visto um blog na vida. Dá pra ver por exemplo, o blog da Fani do BBB, da Ana Maria Braga e da Angélica. A iniciativa é até bacana, quem sabe isso seja um caminho para a popularização dos blogs. Hummm não, acho que não. Quem vai ler blog de artista, a não ser os adolescentes? Continue lendo “BBB8, Bloglog, layout novo. Será que a Globo entendeu a Web 2.0?”

Firefox é bloqueado em alguns sites por conta do AdBlocker

Firefox BlockedTomei conhecimento agora que alguns sites estão bloqueando o acesso aos usuários de Firefox pelo simples motivo de existir uma ferramenta que roda no Firefox e que impede a exibição do AdSense. É o AdBlock Plus, uma extensão que é configurada para bloquear determinadas chamadas JavaScript, que pode incluir desde o AdSense até qualquer outra programação cliente-based – inclusive trackers, image replacers, etc. É muito simples criar um novo filtro. Continue lendo “Firefox é bloqueado em alguns sites por conta do AdBlocker”

Golpe: Pago suas contas na Internet pelo código de barras

ATENÇÃO! Isso é um golpe que está cada vez mais comum na Internet. Essa mensagem chegou pelo Orkut, através do envio de uma “cantada”, mas já foi visto em Scraps, Testimonials, em Fóruns e por e-mail.

Como Funciona o Golpe do Boleto

O fraudador entra em contato com a vítima e oferece o serviço de pagamento de faturas pela Internet, através de boleto bancário, para ser pago depois. Uma espécie de empréstimo. Cobra uma comissão pelo serviço que pode variar de 30% a 50% do valor do boleto – diga-se de passagem, um valor tão alto que seria mais vantagem pegar empréstimo com agiota.

Após o pagamento da comissão, o fraudador efetua o pagamento do boleto e retorna um código qualquer – não o comprovante de pagamento. Em tese, a conta foi paga e você terá um prazo a mais para quitar seu débito com o golpista, que ainda pode lhe procurar depois para cobrar o tal débito, mas fique atento, pois do bolso do fraudador não vai sair um centavo. Duas opções:

  • O golpista roubou a senha de algum correntista e usou a conta da vítima para pagar a sua fatura do boleto. Nesse caso ele pode até fornecer o comprovante, mas você entrou numa roubada. Após o banco descobrir o roubo, irá fazer um levantamento dos saques e transferências feitas. Adivinhe o nome de quem vai aparecer na lista dos pagamentos feitos?
  • O fraudador está usando um programa (disponível na Internet para download) que altera o código de barras dos boletos, reduzindo o valor da fatura para qual ele quiser, 1 real por exemplo. Ao efetuar o pagamento do novo código de barras, que será plenamente validado pelo sistema, o golpista irá lhe fornecer um código de validação do boleto pago – nesse caso ele não pode lhe fornecer o comprovante, pois consta o valor. Mais uma vez, num primeiro momento o seu boleto consta como pago, mas o seu credor irá comparar os valores pagos com os devidos e vem atrás de você para cobrar a “diferença”. Nesse meio tempo você terá pago comissão ao golpista e quem sabe até terá quitado a sua “dívida” com ele;
  • Há também o golpe do envelope falso. O pilantra finge que fez um pagamento, coloca todos os dados e faz o procedimento via envelope no caixa eletrônico. O comprovante é impresso, mas ao abrir o envelope o banco constata que está vazio e invalida o pagamento.

Nesse caso ninguém vai instalar nada em sua máquina, não tem antivirus que lhe proteja. Vale o bom senso e ligar o desconfiômetro sempre no máximo. Não acredite em estranhos, não forneça dados pessoais a quem não conhece e confia. Se está devendo, ligue para o seu credor e renegocie, peça um prazo maior, faça acordo.

Mensagem original “Pago suas contas na Internet pelo código de barras”

Assunto: Monica enviou uma cantada para você!

PAGO SUAS CONTAS NA INTERNET PELO CODIGO DE BARRAS.

Pago boletos bancarios, contas de Agua, luz, telefone, consorcio.

Custo: De 30% á 50% do valor das contas.

Contato: pagoboleto@yahoo.com.br

Mensagem recebida pelo Orkut em 17/07/2007

* Colaborou: Lúcia Freitas

Planilha recálculo de boleto

A Internet dá poder para o usuário comum

Power to the PeopleNão quis utilizar a palavra “povo” no tí­tulo desse artigo porque sabemos todos que, apesar dos vários milhões de conectados – durante o Digital Age alguns palestrantes falaram em 18 milhões, outros em 25 milhões – ainda não podemos considerar como uma mí­dia de massa, como consideramos a TV (embora tenhamos mais celulares que TVs no Brasil). Não querendo confundir muito, o fato é que a Internet dá poder para a pessoa comum.

Isso que chamamos de Web 2.0 nada mais é que uma tendência no uso da Internet, de técnicas e tecnologias que já estavam disponí­veis há anos e muitas delas já eram utilizadas antes de serem chamadas dessa forma. E essa tendência é o reconhecimento do outro lado de nossa tela. Pensamos fora do quadrado, apesar de o utilizarmos cada vez mais. Sabemos que a Internet não é um ambiente dissociado da realidade, como alguns ainda a tratam, e que além de nós de rede somos efetivamente pessoas, iguais a qualquer outra. Continue lendo “A Internet dá poder para o usuário comum”