Tema: Google

Google+. Mais uma tentativa da Google de ser “social”

Já fazem alguns dias que a gigante das buscas lançou o seu mais novo serviço, que alguns dizem ser uma rede social, mas a própria empresa nega esse rótulo. O Google+ (plus) chegou fazendo um baita barulho, utilizando a já conhecida estratégia dos “convites limitados” (mas abrindo as pernas bem rápido) e sendo falada em toda a Internet. Todo mundo quer testar o tal serviço, com isso, a base de usuários cresceu absurdamente rápido, mas eu vejo pouca gente efetivamente usando a ferramenta.

E, afinal, o que é o tal “plus”?

Alguns dizem que é uma tentativa marromeno de copiar o Facebook, outros dizem ser uma cópia melhorada do Yahoo! Meme, outros ainda dizem ser uma evolução do falecido Jaiku (da própria Google), mas no frigir dos ovos é um aglomerado de intersecções de outros serviços Google. Continue lendo “Google+. Mais uma tentativa da Google de ser “social””

Google Search cada vez mais social

O serviço de buscas do Google é provavelmente o mais utilizado em todo o planeta – digo “talvez” somente pelo lado oriental do mundo, que tem outras ferramentas mega acessadas das quais nunca ouvimos falar. Ele é tão utilizado que as pessoas o acessam mesmo quando já sabem a URL destino, digitam-na no campo de busca e clicam no primeiro resultado (ou não, já que vivo recebendo visitas no Balela pela query de busca “www.tim.com.br”).

Com o crescente número de páginas sendo criadas a cada segundo, e consequente lixo digital sendo colocado em rede, o algoritmo de PageRank não dá mais conta de trazer í  tona o que é mais “relevante” nas buscas. Por outros motivos também, afinal SEO virou mato, todo mundo está “otimizando” (fraudando, até) seu conteúdo para o Google, além disso, existe o questionamento de o que é relevante para mim, pode não ser para você blablabla whiskas sachet. Com tudo isso, a gigante proprietária do site de buscas mais importante da atualidade, está focando em “busca social”.
Continue lendo “Google Search cada vez mais social”

Convite para o novo Orkut. A Google repete a estratégia inicial

Novo Orkut : CoresO Orkut vai mudar, mas, inicialmente, não para todos os usuários. Repetindo a estratégia de sucesso do seu lançamento, para visualizar o novo site o usuário precisa ser convidado por outro que já possua a nova interface habilitada. Alguns usuário foram sorteados e já estão visualizando e testando o novo Orkut.

Com essa estratégia, o Orkut espera repetir o mesmo burburinho gerado no iní­cio das atividades da rede social no Brasil. As pessoas ficaram curiosas sobre o serviço e começavam a procurar entre os amigos e na Internet por convites. Nessa procura, acabavam gerando o interesse de outras pessoas que não haviam ouvido falar do site.

A nova interface do Orkut segue a tendência mundial dos sites de redes sociais: ser parecido com o Twitter. A seção de “atualizações” que hoje ocupa uma parte inferior da tela, virou a vedete da primeira página, da mesma forma que o Facebook fez meses atrás. A pergunta no topo, “What are you up to?”, incentivando o usuário a dizer algo para seus amigos (tal qual o Twitter e Facebook), comprova a tendência.

A estrutura do site não mudou muito, mas as alterações ao meu ver, tornaram a navegação mais simples e a aparência mais leve e limpa. Além disso, a personalização de suas páginas também será liberada. Tanto as cores do seu perfil podem ser alteradas quanto a seção “Sobre Mim” poderá utilizar mais que texto, ganhando opções de adicionar fotos, ví­deos ou aplicativos Open Social.

Num cenário onde o Facebook vem crescendo no Brasil, esse pode ser um passo importante para o Orkut manter sua liderança nesse mercado, ganhando talvez um novo fôlego.

Para saber como ganhar acesso ao novo Orkut, fique ligado em sua lista de amigos. Quem tiver o sí­mbolo í­cone do novo orkut ao lado de seu nome, já está usando a nova versão e provavelmente tenha convites para distribuir. É só pedir.

PS: Preparem-se para vendas de convites para o novo Orkut no Mercado Livre em 5 … 4 … 3 …

O Google sabe quem é você. Tinha alguma dúvida?

Você faz buscas no Google, clica em resultados, visita sites que possuem AdSense, utiliza o Gmail, tem conta no Orkut e dentro dele frequenta comunidades, assiste ví­deos no YouTube … ufa! Em todos esses lugares, o Google pode rastreá-lo. Ele sabe por onde você passeia na Internet, sabe o que você anda lendo, comprando, pesquisando, comentando. Você tinha alguma dúvida de que estava sendo vigiado? Continue lendo “O Google sabe quem é você. Tinha alguma dúvida?”

Gmail fora do ar 2, a missão

Hoje, pela segunda vez em 6 meses, o Gmail, serviço de e-mails da gigante Google, ficou inacessí­vel para milhares de pessoas ao redor do mundo por cerca de 3 horas. Ao contrário da última pane, muita gente foi afetada, incluindo os usuários do serviço pago, o Google Apps.

A Google tem feito muitos investimentos em seu parque de servidores e muita propaganda de sua arquitetura de “nuvem”, tentando convencer as empresas de que o modelo é confiável, fazendo com que migrem sua infra interna para a Internet. Apesar de garantir 99.9 % de uptime em seu Google Apps, é difí­cil prever que falhas como essa ocorram e possam ser ainda piores que a última. Você já imaginou um dia inteiro sem e-mail em sua empresa? Em uma terça ou quarta?

A empresa pediu desculpas pelo problema em um post no blog e avisa em sua página de suporte que o problema já foi resolvido, mas diversas pessoas continuam reclamando de problemas no acesso pelo Twitter.

E você? Tem backup? 😉