Tema: CampusParty

Tecnocracia no Campus Party 2010

O Campus Party, a maior festa nerd que apareceu por estas bandas, é um mega acampamento com infra-estrutura tecnológica, palestras, encontros e muita curtição com uma turminha do barulho (literalmente). Esse ano a festa acontece entre os dias 25 e 31 de janeiro e eu, mais uma vez, estarei colado.

Só acampei no evento em seu primeiro ano, pois ainda morava em Londrina e não iria perder essa experiência única. Ano passado eu fui como BlogBlogs e não pude aproveitar muito, já que estava dedicado a divulgar o produto e fazer relacionamento. Nessa edição volto com a cobertura do evento para o blog de uma forma um pouco mais dinâmica. Espero que tudo dê certo.

Tecnocracia LIVE no Campus Party

Faz tempo que eu quero implementar uma ferramenta que me possibilite cobrir os eventos que participo sempre, de forma rápida e com mais funcionalidades que o Twitter – além de não encher o saco de meus seguidores nessa plataforma. Instalei e terei minha primeira experiência no Campus Party.

Nesse espaço eu postarei notas rápidas, podendo adicionar fotos, ví­deos, audio ou qualquer outra coisa que complemente o assunto. Essas notas viram posts mais completos depois aqui no blog.

Uma outra novidade é que terei convidados para postar comigo no LIVE e estou recrutando. Tem interesse? Me manda uma mensagem dizendo que área gostaria de cobrir e qual seu blog/twitter. Ah! Não tenho convites para distribuir, então isso só vale para quem já vai pro CParty, ok? Sorry.

Acompanhe o Tecnocracia LIVE aqui.

Campus Party Brasil 2009

Ao contrário do ano passado, eu não acampei no maior evento nerd geek que já apareceu por essas bandas. Fui todos os dias (exceto no domingo, que até Deus descansou e não tinha mais nenhuma atividade campuseira), mas como já estou morando em Sampa, não havia justificativa para dormir mal, no chão do pavilhão.

O Campus Party foi realizado esse ano no Centro Imigrantes, na rodovia do mesmo nome, bem longe de onde moro, mas perto de Congonhas. O pavilhão é enorme, grande mesmo. Abrigou, com folga, as áreas Expo (aberta para visitantes), Arena (onde os inscritos podiam acessar a Internet e participar de palestras) e o Camping de concreto (onde as barracas estavam armadas, não no sentido literal). No entanto, enquanto o tamanho não era necessariamente um problema, a arquitetura se tornou a grande vilã do evento. Continue lendo “Campus Party Brasil 2009”