Sua senha diz muito sobre você

Senha de banco, senha de e-mail, código da catraca eletrônica, letras complementares da senha do banco, senha de Internet Banking, repeteco de todas as outras senhas da esposa (ou do marido) … Com tantas senhas para decorar, a maioria dos usuários de Internet costuma facilitar na hora de criar sua palavra-chave e acaba utilizando a […]

Segurança total, by Nighto

Senha de banco, senha de e-mail, código da catraca eletrônica, letras complementares da senha do banco, senha de Internet Banking, repeteco de todas as outras senhas da esposa (ou do marido) … Com tantas senhas para decorar, a maioria dos usuários de Internet costuma facilitar na hora de criar sua palavra-chave e acaba utilizando a mesma em praticamente todos os serviços que utiliza.

Prática comum, mas totalmente insegura. Imagine que a senha de sua rede social preferida é a mesma de suas 3 contas de e-mail e alguém a descobre. Com um pouco de dedução, a pessoa pode se apoderar de sua vida digital com facilidade, provavelmente até de dados importantes que estejam cadastrados em serviços web e “só você” teria acesso, como documentos, por exemplo.

Cuidar para que acidentes não aconteçam pode ser mais fácil que você imagina. Não é necessário muita tecnologia, basta um pouco de disciplina e criatividade ao criar suas senhas. Quer dicas?

  1. Evite utilizar a mesma senha em serviços que possuam algum ví­nculo ou que possam ser deduzidos. Por exemplo, se você utiliza o mesmo prefixo em todas as suas contas de e-mail, não use a mesma senha para eles. Se cadastrou em um serviço qualquer, cuide para não utilizar a mesma senha do e-mail cadastrado, e por aí­ vai.
  2. Ao criar sua senha, utilize letras, números e um ou mais caracteres especiais. Uma senha 12345 ou 10082008 ou abc123 são facilmente dedutí­veis, ao contrário de p4$$w0rd ou 13a7$p34K. Nesse passo, vale a observação de que alguns serviços não aceitam caracteres especiais, daí­ o ideal é caprichar na combinação com os números e variar letras maiúsculas e minúsculas
  3. Não divulgue sua senha e tenha cuidado ao utilizar computadores compartilhados. Se tiver que usar algum em emergências, na primeira oportunidade após o uso, troque as senhas dos serviços que usou.
  4. Se estiver muito difí­cil lembrar de todas as senhas, use um programa gerenciador de senhas (claro, instalado em seu próprio computador). Com um desses, você só precisa lembrar de uma senha e as outras o programa lembra pra você.

Dica: Teste se sua senha é forte (site da Microsoft, em inglês), mais dicas sobre senhas fortes

* Foto: Segurança total, by Nighto

Will disse:

Uma maneira “forte” de se criar senhas é alternando entre letras maiusculas e minusculas apertando a techa “shift” dando upcase na letra.
EX: tecnocracia
combinando letras maiusculas fica fortí­ssima mesmo sem usar numeros.
EX: TecNoCRaciA
o importante de sigitar uma senha com maiuscula usando o “shift” é que “keyloggers” não reconhecem a tecla digitada em seguida de outra ja pressionada.
Um keylloger reconheceria a senha acima como shift, ec ,shift, o ,shift, aci

pensem bem antes de criar suas senhas alfa..

Jonny Ken disse:

Mesmo se a pessoa quiser ter uma senha simples como 123456, ela pode dificultar um pouquinho só colocando uma letra no começo da senha… Algo como “j123456”. Pelo menos já diminui bem as chances de ter a senha quebrada por algum engraçadinho!