RSS no Orkut. Pérolas aos porcos? (ou, “oi, me subs?”)

Há vários dias o Orkut disponibilizou mais uma funcionalidade aos seus usuários. É possí­vel, desde então, acrescentar e compartilhar seus feeds RSS dentro do seu perfil. Ao mesmo tempo o usuário do Orkut pode acompanhar seus sites / blogs favoritos e compartilhar seu gosto pessoal com outros usuários, seus amigos, os spammers, etc. O tí­tulo […]

Feed logoHá vários dias o Orkut disponibilizou mais uma funcionalidade aos seus usuários. É possí­vel, desde então, acrescentar e compartilhar seus feeds RSS dentro do seu perfil. Ao mesmo tempo o usuário do Orkut pode acompanhar seus sites / blogs favoritos e compartilhar seu gosto pessoal com outros usuários, seus amigos, os spammers, etc.

O tí­tulo desse artigo, apesar de parecer um pouco agressivo, não está chamando os usuários de porcos nem menosprezando-os. Sei bem que existem muitos profissionais de Internet que utilizam de forma correta o Orkut. Falo da maioria absoluta formada pelos miguxos e para-quedistas que conhecemos bem. Esses que não lêem mais que os tí­tulos e saem clicando em todos os links que enxergam pela frente, muitas vezes instalando em seus computadores (nos dos pais, tios, no escritório do irmão mais velho) pragas virtuais, sejam elas ví­rus ou em sua maioria cavalos de tróia.

Tudo bem que essa estratégia da Google (aham, para quem não sabe, a “dona” do Orkut) é propí­cia, num momento em que a empresa acaba de adquirir o maior gerenciador de feeds da Internet: o FeedBurner. E para onde a empresa está direcionando esforços e dinheiro, com a intenção de abocanhar mais uma fatia do mercado de mí­dia online. É provável que muito em breve o AdSense esteja disponí­vel para os usuários do FeedBurner.

A questão é que usuários do Orkut não usam feeds, não sabem o que são feeds, para que servem e muitos tem uma resistência enorme, mesmo se alguém disser para que serve. Experiência própria na tentativa de angariar usuários de feeds. Será que o Orkut vai conseguir o que muitos de nós não conseguimos? Será que o RSS vai enfim se popularizar com a adesão em massa dos miguxos orkuteiros? Será que vamos parar de ler por aí­ o jargão “me add?” e passaremos a ler “me subs?” (de subscribe – assinar)?

Nós, profissionais de Internet ou blogueiros, sabemos que o RSS é ótimo para o nosso propósito de compartilhar conteúdo. Não gasta banda desnecessária do site, não força o acesso ao usuário, facilita e simplifica a atualização de conteúdo para os leitores, etc. Mas como poderí­amos divulgar isso í s pessoas comuns? Aquelas que por exemplo não acessam o Orkut, ou não acessam tempo o suficiente para descobrir esses detalhes de lançamentos? Aqueles que não sabem até hoje que o Orkut possibilita ví­deos linkados ao perfil.

Você tem alguma idéia? Eu adoraria saber!


Este artigo está participando da maratona Blogando24h.
Comente. Você pode ganhar uma camiseta!

[tags]Blogando24h, Orkut, Feeds, RSS, Opinião[/tags]

Manoel Netto disse:

Fala pessoal,

Desculpem não comentar adequadamente nas suas contribuições muito bacanas, mas é o cansaço mesmo. Daqui a pouco estarei no mundo de Morpheus. Quero agradecer o apoio de todos, muito importante para que essa loucura nossa desse certo.

Espero que tenham gostado e voltem sempre 😉

Samuel disse:

Eu uso já assinei os miseráveis 5 feeds lá no Orkut, até agora quase ninguém me perguntou pra que serve aquilo, nem ao menos clicaram lá.

É rarí­ssimo ver alguém que assinou os feeds pelo Orkut, é muito complicado a grande massa aderir a isso uma que vez que ela não é dependente de internet como a maioria dos Geeks. Na minha opinião quem fica nesse lance de RSS, blog, e Orkut com inteligência é alguém da área de informática que entende o que o desenvolvedor dessas ferramentas/redes querem de fato oferecer ao usuário. Em contra partida assinar um feed é muito fácil e do mesmo jeito que qualquer um coloca uma foto ou um filme poderia colocar um RSS lá. Resumindo: um paradoxo!

Ah! Também tô gostando do ritmo do blogando 24h, ganhou outro fã, você escreve quase tudo que eu tenho na cabeça!

É Google sempre inovando e dominando cada vez mais o perfil de cada um no Orkut. E olhe bem 60 milhões de usuários nesse mundo online (incluindo fakes), é muita coisa.

Talvez a estratégia seja conhecer o que a pessoa gosta de ler, pois na área de buscas, ela já está “careca” ao saber sobre você. Guarda seus dados por 18 meses. Agora com o RSS, compartilhar informação quer dizer: compartilhar produtos/serviços melhores. Veja bem, tudo o que o Google lança é sucesso, será porque?!

No caso do RSS no Orkut, são bem empreendedores, isto é visão de mercado bem amplo. Dentre de algum tempo todos vão ter que utlizar para alguma forma. A comunicação está mundando em ciclos.

Eu sou meio contra do RSS, é legal e tal, mas se torna muito rotineiro, ficando preso o tempo todo atrás da informação, um ví­cio tecnológico. Ah, muitos assinantes em Feed aumenta nosso EGO. O que seria da nossa vida sem os números…

Pode parecer estranho, mas as pessoas querem um pouco de privacidade no Orkut, veja:

*apagar recados;
*não compartilhar informações sobre seu perfil (somente básicas) e olhe lá, se não, nem isto;
*se tacharem como bonzinhos p/ não mostrarem seus defeitos (isso pode arruinar sua carreira; – empresas estão contrantando em base de comunidades);

Por mais simples que seja a vital utilidade do RSS, só vejo ele em site de notí­cias, blogs somente. Ainda não vi uma Nike, uma Coca-Cola aderir a este novo serviço. Aliás vende um produto/serviço também. O RSS nada mais é, o posicionamento de uma Marca na Internet.

Abraço!

Mário Yanase disse:

Manoel, continua no pique, hein! Estou impressionado! Posso ser um fã? Rs…

Então, falei a respeito disso há algum tempo atrás. Acho que um aumento teremos, mas é assim, muita gente lá não gosta de ler… Adianta?

Lucia Freitas disse:

Então, Manoel. A gente faz tutorial, reconta, remixa, e o RSS continua um solene desconhecido do grande público da web. Acho que há duas questões importantes:
1. necessidade: quem precisa receber um montão de notí­cias?
2. Dificuldade de operar o sistema. Depois que você entende e aprende, a assinatura é fácil, fácil. Mas explicar que vc lê sem entrar na página é uma epopéia, mesmo quando o público é de usuários experientes.
Temos que lembrar, também, que a falta de padrão é coisa de louco. E que muita gente não cria seus feeds adequadamente. Aliás, bom tema para um post, esse.
bjs