Diário de Classe, um exercício de democracia

Isadora FaberIsadora Faber é uma menina de 13 anos, que mora em Florianópolis e estuda a sétima séria na Escola Básica Municipal Maria Tomázia Coelho. Cansada de suas reclamações sobre a situação precária da infraestrutura e das aulas não terem a devida atenção, resolveu criar – sozinha – uma página no Facebook para relatar seus dias na escola pública, sua visão estudantil do lugar em que passa a maior parte do seu dia e onde espera adquirir educação e conhecimento para a vida.

Isadora, uma estudante do ensino básico, exercendo seu pleno direito à opinião, fazendo o seu papel na democracia do país, sendo muito mais patriota que a grande maioria de nós, que só lembramos do termo patriotismo em época de Copa do Mundo, está sendo apoiada, muito apoiada, por pessoas que não a conhecem, mas a admiram. Além dos seus pais, claro, de quem provavelmente herdou o que sabe de cidadania. E só. Porque dentro da escola, não somente pelos “alvos” das críticas (professores e funcionários) mas também – pasmem – pelos seus colegas, aqueles a quem Isadora também defende, ela está sofrendo represálias e críticas, além de ameaças. Continue lendo “Diário de Classe, um exercício de democracia”

Banco do Brasil transforma Internet Banking em Orkut

Sou cliente do Banco do Brasil desde 1997, mais ou menos. Foi a minha primeira conta corrente, aberta e gerenciada por mim. Desde então já fui cliente Bradesco, Bamerindus, Itaú, Unibanco, Santander e nenhum deles conseguiu ser tão claro em seus Internet Bankings, quanto o BB tinha sido até hoje.

Já fazem uns dias que não acesso o BB, mas hoje precisei e fui surpreendido com um aviso de que o acesso iria mudar. Normal, bancos que se prezam fazem upgrades e nós sempre esperamos que seja para melhor, certo? Como todo curioso e early adopter eu cliquei para usar a nova interface. Ora, vai mudar de qualquer forma, então, quero usar antes pra me acostumar.

O que meus olhos viram na sequência, minha mente custou uns bons segundos de paralisia para acreditar. Continue lendo “Banco do Brasil transforma Internet Banking em Orkut”

Sony – Joga Aí

A Sony está com um concurso cultural ativo, chamado Joga Aí. A intenção é divulgar uma funcionalidade bem bacana de seus novos aparelhos, que possibilita o usuário “jogar” o conteúdo na tela de um dispositivo para outro. Por exemplo, você pode arrastar um vídeo da Sony Tablet para uma TV Sony. O nome disso é Sony Link.

A aposta é que seja uma tecnologia “plug and play”, sem nenhuma necessidade de cabos, fios ou Internet. É para o usuário comum, consumidor de conteúdo e entretenimento, compartilhar vídeos, fotos e audio simplesmente “jogando” de um dispositivo para outro.

E para divulgar o Sony Link, foi criado o Joga Aí. Você se cadastrar e criar uma maneira criativa de fazer a transferência. Uma jogadinha ensaiada, uma pose, um movimento engraçado. Vale tudo. E para inspirar você a criar sua jogada, alguns vídeos estão disponíveis, no canal de YouTube e no site do concurso.

Joga Aí

No YouTube você vai ver um ator fazendo movimentos inspirados em estilos musicais. Para fazer um link (hein, hein, pegou?) entre a funcionalidade e a campanha, os banners da página são interativos. Além de se comunicarem, o usuário interage com as peças. Bacana, hein?

Joga Aí 2

Já no site do concurso os movimentos são inspirados em filmes, como esse do Karate Kid ;-).

Joga Aí 3

Bom, confira a campanha e participe. Os prêmios são bem legais: uma TV 40″ de LED, um notebook i5 e uma tablet 32 GB.


Este é um artigo patrocinado pela Sony Brasil.

Olimpiadas ao vivo pela Internet

Fomos notificados da existência de uma série de sites anunciando a transmissão ao vivo, via Internet, dos Jogos Olímpicos 2012 em Londres. Acontece que grande parte dessas transmissões não existem, são ilegais ou são simplesmente golpes (em sua maioria).

O Comitê Olímpico Internacional autorizou apenas 33 empresas a transmitirem os jogos para 200 países. Essas são as transmissões oficiais. Pode acontecer de, uma das grandes, oferecer pacotes de transmissão via Internet, mediante pagamento. Mas somente essas, as donas das concessões do COI, podem fazer tais transmissões.

O COI está tão ligado nessas coisas que vem removendo diariamente vídeos postados por usuários em redes sociais e sites de vídeos. É remoção sumária, sem satisfação. Até mesmo se alguém filmar a tela da TV de alguma transmissão oficial e postar na Internet, é ilegal e eles irão remover sem dó.

Por isso, muito cuidado ao buscar esse tipo de transmissão online. Alguns sites estão pedindo e-mails e outros até os dados de cartão de crédito do usuário incauto, que poderá estar caindo em um golpe sem sequer perceber.

Streaming das Olimpíadas de Londres? É balela! Não clique.

Dear Internet

“A Internet” mandou um recado para o Flickr:

#dearmarissamayer

O Flickr respondeu:

#DearInternet

Grande lição do Flickr pra nós todos:

Aprendam a lidar com a Internet, seus movimentos e como participar.