Hospedagem grátis para os chutados do Geocities

homehost logoO primeiro hosting gratuito da Internet, o Geocities, está fechando as portas até o fim do ano. Já não aceitam mais novas inscrições e anunciaram aos seus usuários que façam suas malas, pois a pensão digrátis vai cantar pra subir.

A HomeHost, empresa de hospedagem paga, não perdeu tempo e lançou uma promoção – bem atraente por sinal – exclusiva para os usuários que estão de “aviso prévio” na Geocities. Basta se cadastrar e colocar um aviso de mudança no site original, que o alberguista vai ganhar 3 anos de hospedagem e mais 1 registro de domí­nio gringo “na faixa”.

Sem letras miúdas. É de graça.

Óbvio que não existe almoço grátis e a HomeHost terá seus benefí­cios, principalmente em visibilidade e links entrantes, pois, pelo menos até o final do ano, os sites permanecerão no ar lá no albergue do Geocities e linkando de volta para a empresa. MASS… nada mais justo que um linkzinho em troca do baita presente. É óbvio que todos os 200 participantes (limite da promoção), além de linkarem seu site e a empresa, certamente ainda colocarão algum outro tipo de agradecimento em seus sites, blogs, twitter, etc.

Muito boa a sacada da HomeHost, que até aqui nesse humilde blog – que não se beneficiou da promoção ou qualquer outro “pagamento” – ganhou links pela idéia. Parabéns, pessoal!

Saiba como conseguir os 3 anos de hospedagem gratuita.

Gengibre estréia novo site dia 27

gengibre-logoO Gengibre, uma espécie de blog falado, onde o participante pode postar via computador ou telefone, estréia nessa segunda (27) uma nova versão do seu site. Muito mais claro, limpo e lúdico, a nova proposta foca no social, lançando funções de comunidades e dando uma renovada no seu logo e player para dar um toque de humanização.

Tive acesso ao novo site no endereço de testes e pude registrar algumas diferenças grandes com relação ao modelo atual, que será substituí­do na segunda. Continue lendo “Gengibre estréia novo site dia 27”

Multa e prisão para os responsáveis pelo The Pirate Bay

mn_simpson_arrrrHoje fui surpreendido com a notí­cia de que o pessoal do The Pirate Bay havia perdido o primeiro julgamento do processo que vem rolando há algum tempo. Surpreso porque isso abre precedentes para um monte de serviços bons saí­rem do ar, pelo mesmo motivo, í  exemplo do Google.

O The Pirate Bay é um serviço – entre muitos outros existentes – de agregação e busca de arquivos .torrent. Esses arquivos, são apontadores de outros arquivos em servidores P2P (Peer to Peer – redes dinâmicas de troca de arquivos entre pessoas que estão conectadas ao mesmo tempo). É um conceito um pouco complicado para quem começa ou nunca ouviu falar, então vou usar uma analogia.

A Feira dos Torrents

Imagine, por exemplo, uma feira do rolo, uma feira de trocas, aberta, onde qualquer um pode vir diariamente a um local qualquer (que muda todos os dias) e começar a trocar mercadorias por outras mercadorias. Agora imagine que, para facilitar a descoberta dessas mercadorias, existam panfletos que indicam quem está com determinado produto, onde está dentro da feira e em que condições o produto está (novo, usado, quebrado, etc). Isso é um arquivo .torrent.

Só que cada pessoa que chega na feira, leva os seus panfletos. Alguém, então, resolve pegar os panfletos de todo mundo, organizá-los, fazer cópias e distribuí­-los na entrada da feira entre as pessoas que chegam. Dessa forma, ao chegar, a pessoa já consegue saber onde estão as pessoas que possuem o produto que elas estão interessadas e chegar até elas de forma mais fácil.

Pois bem. O site The Pirate Bay é um panfleteiro.
Continue lendo “Multa e prisão para os responsáveis pelo The Pirate Bay”

Web 2.0 Expo San Francisco 2009

Estou em San Francisco, Califórnia para participar do evento Web 2.0 Expo, que começou hoje, pelo menos para quem vai participar dos workshops (a írea Expo só abre a partir de amanhã). O evento acontece no Moscone West, um mega espaço de eventos muito bem localizado (perto de shoppings, hotéis e da rua das compras 😉 ).

O foco do evento esse ano é a crise, ou melhor, as soluções para sobreviver í  crise. Economia de recursos, mais por menos, uso racional e inteligente da web – The Power of Less, o tema principal, faz jus ao nome e nos faz pensar no que podemos fazer melhor, gastando menos.

Simpler. Faster. Cheaper.

Continue lendo “Web 2.0 Expo San Francisco 2009”

CD completa 30 anos. Viveu demais.

O Compact Disc, nome completo do nosso conhecido CD, completou ontem seu trigésimo aniversário – sem surpresa alguma – com queda nas vendas. Não é de hoje que o mercado aponta o fim da mí­dia e modelo de negócio praticado e explorado pelas grandes gravadoras, mas elas não estão querendo largar o osso assim tão fácil.

Frente ao comércio paralelo e ilegal de CDs piratas, a indústria fonográfica vem fazendo de tudo para adiar o inevitável. Uma das estratégias mais comuns é o barateamento do “acabamento”, por assim dizer, da obra. Faz-se uma caixinha pobrezinha de papelão, retira-se o encarte e sobra o que realmente importa: o CD. Continue lendo “CD completa 30 anos. Viveu demais.”