Identificação biométrica. Level up nas eleições brasileiras

Já falei em um artigo um pouco antigo o quanto sou a favor da identificação biométrica. Detesto ter que ficar carregando pedaços de plástico na carteira para tudo. É cartão de crédito, de banco, de loja de roupa, farmácia, plano de saúde, odontológico, do fliperama (que saudade das fichas) … Isso sem contar o tanto […]

Cadastramento BiométricoJá falei em um artigo um pouco antigo o quanto sou a favor da identificação biométrica. Detesto ter que ficar carregando pedaços de plástico na carteira para tudo. É cartão de crédito, de banco, de loja de roupa, farmácia, plano de saúde, odontológico, do fliperama (que saudade das fichas) … Isso sem contar o tanto de senhas que nos obrigam a decorar. Claro, por questões de segurança, cada uma tem um padrão diferente. Seria tão simples usar a digital, ou o olho!

Pois foi pensando principalmente nas fraudes das eleições e não nessas minhas chateações primárias (mirou no que viu, acertou no que não viu), que a Justiça Eleitoral brasileira está implementando a identificação biométrica para as Eleições no paí­s. O processo já foi testado em 3 municí­pios ano passado – São João Batista (SC), Fátima do Sul (MS) e Colorado do Oeste (RO), mas no ano que vem atingirá cerca de 1 milhão de eleitores.

Ainda não é o Estado da Arte da biometria, visto que ainda precisamos apresentar nossos documentos, principalmente na primeira fase, quando faremos o nosso “cadastramento biométrico” e aí­ sim, poderemos usar nossos dedos como validação de identidade. Mas não leva muito tempo para que não precisemos mais de tí­tulo eleitoral, lista de presença ou comprovante de votação (tem coisa mais inútil e anti-ecológica que aqueles papeizinhos ridí­culos?).

Sendo um pouco mais otimista na futurologia, em breve teremos votação via Internet, para todos aqueles que possuí­rem um hardware de identificação biométrica em seus computadores. Aí­ melhora de vez. Nada de trânsito, filas, boca-de-urna, Lei Seca, etc etc. Vamos votar do conforto do nosso lar e aproveitar o dia para coisas mais… proveitosas.

Como vai funcionar o Recadastramento Biométrico?

Para as eleições de 2010, só é obrigatório o cadastramento para os eleitores dos municí­pios onde será aplicado o processo. São 43 municí­pios, listados no site da Justiça Eleitoral.

O eleitor deve ficar atento í  convocação da Justiça Eleitoral do seu municí­pio, pois cada cidade terá seu prazo de recadastramento, e deverá comparecer ao local estabelecido, munido de tí­tulo de eleitor original, documento de identificação com foto e comprovante de endereço.

A sua digital, no dia da votação, servirá para comprovar sua identidade e também para desbloquear a urna eleitoral para uso.

Enquanto isso não vira realidade para todo mundo, vamos brincar de futurologia? Que outras mudanças você acha que acontecerão no sistema eleitoral brasileiro e em quanto tempo?

Helison disse:

Tenho pensado nisso ultimamente. Mas daí­ eu me pergunto: Isso não seria o fim do voto secreto? Vamos ter de acreditar no suposto sigilo total que irão nos impor?

Lucho disse:

“Sendo um pouco mais otimista na futurologia, em breve teremos votação via Internet, para todos aqueles que possuí­rem um hardware de identificação biométrica em seus computadores. Aí­ melhora de vez. Nada de trânsito, filas, boca-de-urna, Lei Seca, etc etc. Vamos votar do conforto do nosso lar e aproveitar o dia para coisas mais… proveitosas.”

Isso foi um sonho, não é mesmo? 🙂

Com os polí­ticos que nós temos, uma coisa assim só daqui a uns 300 anos. Para ser bem otimista.

Sem dúvida um enorme avanço para um sistema que ainda inspira tão pouca confiança.