Feed, Syndication, RSS, Atom. Isso morde?

Feed, do inglês “alimentar”, é uma tecnologia (também chamado de Syndication) baseada em XML que possibilita aos sites informarem aos seus leitores quando um novo conteúdo está disponí­vel. Simples assim.

Com a popularização de ferramentas de atualização de conteúdo e o crescimento da demanda no consumo desse conteúdo, o método de enviar um e-mail aos usuários sempre que o conteúdo fosse atualizado (por solicitação deste) se tornou inoportuno, demasiado e trabalhoso. Resumindo, impraticável. Então, por volta de 1999 começaram a surgir sites utilizando os feeds.

Existem formatos diferenciados na utilização dessa tecnologia, a saber RSS 1, RSS 2 e Atom, mas para o usuário comum isso pode fazer pouca ou nenhuma diferença.

O que eu preciso para usar os feeds?

O feed é um serviço de assinatura, portanto para ter acesso ao serviço você precisará assiná-lo. Assim como para acessar a internet e visualizar as páginas HTML você precisa de um programa chamado “navegador”, para assinar um serviço de feed você precisará de um “leitor” ou “agregador” de feeds.

A maior parte dos navegadores modernos (Opera, Firefox, IE 7) possui um leitor de feeds integrado, oque facilita bastante na difusão da tecnologia e no uso básico de um serviço de assinatura, no entanto, por não ser o foco desse tipo de programa, o leitor ou agregador incorporado possui apenas as funções básicas de assinar e ler o conteúdo. Você irá encontrar um í­cone laranja í  direita da sua barra de endereços (isso, lá em cima) caso esteja usando um dos navegadores citados, ao clicar nele encontrará opções de assinatura.

Além dos leitores básicos incorporados, você pode utilizar programas especí­ficos para feeds, ou serviços online que fazem o mesmo papel com algumas vantagens:

  • São independentes de plataforma, sistema operacional instalado e fazem “atualizações” de serviços automaticamente;
  • Não é necessário instalar nenhum tipo de programa;
  • Estão disponí­veis em qualquer momento e através de qualquer computador, bastando um acesso í  internet para ler seus feeds favoritos;
  • Possuem uma gama de serviços adicionais que não são facilmente encontrados nos programas offline.

Pelos motivos citados acima, recomendo a utilização de um serviço online para agregar os seus feeds. Abaixo listo os principais serviços na categoria. Escolha o seu, crie sua conta gratuita e assine o Tecnocracia.

Assine o Tecnocracia.com.br agora.

Mais informações sobre Feeds

Projeto RSSficado – http://www.rssficado.com.br