Energia solar mais barata

Depois de uma conversa que tive com meu cunhado, geólogo e ambientalista, comecei a ter mais interesse em assuntos relacionados ao meio ambiente, pois identifiquei em mim um grande consumidor de recursos. Minha ferramenta de trabalho é o computador, além de ser o meio é o fim, pois os produtos gerados por mim necessitam dele […]

Painel solar mais baratoDepois de uma conversa que tive com meu cunhado, geólogo e ambientalista, comecei a ter mais interesse em assuntos relacionados ao meio ambiente, pois identifiquei em mim um grande consumidor de recursos. Minha ferramenta de trabalho é o computador, além de ser o meio é o fim, pois os produtos gerados por mim necessitam dele para serem consumidos. Energia elétrica, silí­cio, plástico e tantos outros materiais envolvidos no meu trabalho são agressores ou consumidores de recursos naturais (ou ambos).

Fico feliz toda vez que encaro iniciativas como a do aquecedor movido a energia solar feito com materiais que seriam descartados. Projetos como esse possibilitam o acesso a energia limpa (não poluidora / geradora de resí­duos), que geralmente são caras, í  pessoas com menos recursos.

Mas a indústria também está atenta para essas questões. Toda redução de custo em projetos, gera automaticamente um aumento nas vendas e consequente aumento nos lucros. Mesmo que as iniciativas não sejam exatamente preocupação com o meio ambiente, devem ser louvadas e apoiadas, pois melhoram as nossas vidas direta ou indiretamente.

A empresa norte-americana Soliant Energy desenvolveu um novo tipo de painel solar diferente dos convencionais. Os atuais pesados e caros projetos compostos quase que exclusivamente de células foto-elétricas foram substituí­dos por painéis móveis com espelhos e lentes que capturam os raios solares – seguindo-o durante o dia – e o concentram nos pontos onde o silí­cio está. Isso reduz em 88% o uso de silí­cio, o material mais caro dos painéis, viabilizando o uso em residências e pequenos escritórios, dado o custo reduzido – metade do preço de um painel convencional.

A Soliant acredita colocar no mercado seu projeto até o final de 2007, talvez já o seu segundo design que está sendo desenvolvido, que concentra ainda mais luz no material foto-sensí­vel e que custará 25% do valor de um painel convencional. Vamos torcer para que mais projetos como esse surjam em menos tempo.

Fonte: G1

QUERO MUITO TRABALHAR COM VOCíŠS EM PARCERIA, DIVULGANDO E VENDENDO O SISTEMA, POIS É O MEU SONHO. QUERO COLOCAR NA MINHA RESIDENCIA. MUITO INTELIGENTE QUEM INVENTOU. MENDE-ME MAIS INFORMAÇí•ES, GRATO..ASS..JB…………..VENDEDOR AUTí”NOMO.

@JOíƒO BATISTA DE OLIVEIRA——JB., ÓTIMA MATÉRIA. QUERO FAZER PARTE DA FAMíLIA. QUERO TRABALHAR FAZENDO A INSTALAÇíƒO E MANUTENÇíƒO DO SISTEMA………JB……….

Flávio da Silva Bezerra disse:

Muito legal esta materia, só ficou faltando o contato para os interessados assim como eu, se for possivel mande o tel. para tal.

Obrigado

Antonio Edson disse:

Como adquiruir estas placas de silí­cio de baixo custo ?

A energia solar tem diferentes precos no mundo,na europa custa 2,5 euro o watt,na china 2,5 dolar o watt e no brasil 14 reais em media o watt,isto para nos instaladores,para o consumidor e mais caro.porque o brasil nao fabrica os paineis,ja que o silicio sai do brasil?

Eronildes Madalena Ferreira disse:

Achei muito interesante este sistema barato de energia solar, vou utilizar em minha casa.

Helio Bittencourt disse:

Excelente noticia, espero que a tecnologia esteja disponí­vel.

Ótima matéria… Espero estar disponí­vel estes novos painéis o ano que vem. Assim quem sabe ja levanto minha casa com alguns painéis no telhado? ;-D