Dicas de otimização dos plugins EveryWhere

Os plugins da Famí­lia EveryWhere funcionam basicamente com programas afiliados de comparadores de preços (em breve outros virão) e há uma diferença na polí­tica de pagamento dos cliques dos usuários. É importante estar atento a isso para evitar perda de receita com os cliques de baixa qualidade. Buscapé : Paga ao afiliado pelo segundo clique […]

img-descontinuado

Os plugins da Famí­lia EveryWhere funcionam basicamente com programas afiliados de comparadores de preços (em breve outros virão) e há uma diferença na polí­tica de pagamento dos cliques dos usuários. É importante estar atento a isso para evitar perda de receita com os cliques de baixa qualidade.

Buscapé : Paga ao afiliado pelo segundo clique do visitante. No entanto, há um termo no TOS deles que possibilita desconsiderar o segundo clique quando o mesmo apenas abre uma categoria. Nesse caso, mesmo que o visitante clique em uma loja (no terceiro ou quarto clique), o que vale é o segundo, considerado como “clique de baixa qualidade” e não contabilizado.

JáCotei : Paga ao afiliado pelo clique que o direciona í  uma loja. Como nesse caso todos os cliques são repasse de valor, todos são pagos. Aqui, há de se considerar o clique ruim, aquele que direciona para páginas sem produtos ou muito genéricas, tornando mais difí­cil o caminho do visitante até uma loja.

Para resolver as questões acima citadas, para ambos os programas afiliados vale o objetivo principal, que é levar o visitante í  uma lista de produtos ou de lojas diretamente, aumentando a possibilidade do clique válido ou premium. Para isso, siga as dicas abaixo e veja seus rendimentos aumentarem sensivelmente:

1. Sempre forneça uma categoria para a termo de busca

Isso é feito facilmente adicionando “:” após o termo e o número da categoria na sequência, por exemplo: “Homem Aranha 3:257”. No exemplo, seu visitante será direcionado para a categoria “DVD Filmes” buscando pelo termo “[BP]Homem Aranha 3:257[/BP]” (isso no JaCotei). Isso pode ser feito tanto dentro de tags BP quanto BL.

Uma informação importante é sempre direcionar para a categoria mais próxima do produto, não para categorias acima. Se você tiver por exemplo, uma categoria “Informática” e dentro dessa uma outra chamada “Computadores” e deseja criar uma pesquisa por computadores, não direcione o visitante para “Informática”. Isso pode resultar numa busca vazia ou com resultados indesejados.

2. Faça uma busca pelo termo desejado antes de inserí­-lo

É conveniente abrir o site de comparação utilizado e fazer uma busca genérica pelo termo que deseja adicionar um BP. Com essa simples atitude, você poderá escolher a melhor categoria (com melhores resultados) para direcionar e até mesmo verificar a existência de produtos com esse termo. Não é incomum direcionar um visitante para uma página sem produtos.

3. Escolha termos relevantes e de acordo com seu blog

Ao escolher os termos a serem referenciados, procure melhorar o resultado escolhendo aqueles que mais tem relevância com o seu blog ou com o assunto tratado no artigo em questão. A pessoa que chegou em seu texto através de buscas tem muito mais probabilidade de clicar em um link que pareça relevante, que em palavras curiosas.

4. Adicione sempre uma lista BL ao fim do artigo

Crie sempre listas BL de acordo com o seu artigo. A randomização de listas pré-determinadas existe para que não seja preciso editar os artigos mais antigos, mas não deve substituir a criatividade e relevência dos termos escolhidos por você. Lembre-se que seu artigo será indexado pelos mecanismos de busca e pode até mesmo receber cliques diretos desses sites. A mudança no conteúdo do artigo, através da randomização das listas, fará com que seu artigo pareça sempre como “alterado” para os mecanismos, reduzindo sua importância no ranking.

5. Destaque sua lista BL

Utilize classes CSS para exibir sua lista de forma destacada no artigo. Utilize bordas e cores de fundo para diferenciar a lista do conteúdo e/ou anúncios exibidos em seu artigo.

As dicas principais são essas, você certamente descobrirá outras formas de melhorar o desempenho dos programas e do plugin. Deixe aqui sua contribuição. Bons rendimentos!

Eduardo disse:

Olá, estou enfrentando um problema, se puder auxiliar fico grato.
Eu coloquei as palavras-chave seguidas de “:” e o número da categoria, e selecionei produtos que tenham a ver com meu blog direto no buscador. Só que para alguns produtos aparece que nada foi encontrado após a busca, entretanto é só digitar novamente exatamente o termo colocado no plugin que o Jacotei encontra, e na categoria certa.
E isso só para alguns produtos que coloquei lá, como “Dicas de Concurso” ou “Memorização”, que não mostra resultado algum, ou “Câmera Fotográfica Digital”, que leva prum resultado de apenas 3 produtos “chulés”, enquanto o mesmo termo digitado, na mesma categoria, mostra os resultados que eu pretendia mostrar.
Onde estou errando ? Acho que estou perdendo muito, pois só vi esse problema semanas após ter configurado, pois não sabia que era permitido checar os links clicando e não entrando na loja.
Obrigado de antemão só pela disponibilização do plugin 😉

Tu tem um exemplo de css? Pois como jacotei EW aparece no template sem nenhuma modificação fica dificil saber o nome do elemento.

Manoel Netto disse:

Olá Rodrigo,

Sua implementação funciona na forma tradicional de uso, mas acarreta num outro problema. O script permite que a tag BP também seja uma lista, ou seja, [BP]termo1, termo2[/BP] e nesse caso a ví­rgula não seria implementada no meio da lista.

A correção apropriada (que estou subindo para download) é a seguinte:

Linha 142:
$bpLink .= JC_doURL(trim($mtags[$i]), $categ) . (($i<count($mtags)-1)?”, “:””);

Linha 145:
$bptags .= $bpLink . (($m<count($matches[0])-1)?”, “:””);

De qualquer forma, obrigado pelo empenho.

Abraço

Rodrigo Lopes disse:

Olá manoel…

Eu arrumei um bug, que já foi dito ai em cima…

dá ví­rgula depois do texto no link inline!

na linha 142:
$bpLink .= JC_doURL(trim($mtags[$i]), $categ) . “, “;

Ai a ví­rgula é adicionada, então eu tirei ela dai…
$bpLink .= JC_doURL(trim($mtags[$i]), $categ);

e coloquei na linha 145:
$bptags .= $bpLink. “, “;

Sem mais problemas em relação a isso!
Valeu!

Manoel Netto disse:

No meu caso especí­fico, está. Alguns colegas blogueiros que migraram estão satisfeitos, outros ainda estão esperando a coisa andar, mas acredito que seja mais vantagem justamente por conta dos “cliques de baixa qualidade”.

Tonobohn disse:

Manoel, seja sincero. O Jacotei está rendendo mais que o Buscapé?

Manoel, dicas muito boas, não sabia disso, até tinha te perguntado sobre estes números que vinham depois das palavras.

O problema é que no Jacotei depois das palavras, está aparecendo virgulas que não fazem parte do texto, é estranho, parece que escrevi o texto errado, dá para me entender?

Fiz um teste durante o dia todo ontem com o Jacotei e obtive 2 cliques apenas, isso não é nem 0,01% do que recebo no Buscapé. Será que estou fazendo algo errado?

Aguardo contato.

abração