Tema: Segurança

Há 40 anos nasceu o primeiro vírus de computador

Quarenta anos atrás, um programa de computador se alastrou pela Arpanet exibindo a mensagem “I´m the creeper, catch me if you can” (sou o assustador, me pegue se for capaz) – Creeper era um personagem do antigo desenho animado do Scooby Doo. Ele ainda não era chamado de “virus”, mas acabou dando origem ao primeiro antivirus da história, no mesmo ano, o Reaper.

Bons tempos em que os virus de computador eram usados apenas para trollar as pessoas, exibindo mensagens engraçadas ou irritantes bolinhas animadas na tela. Após isso, foram usados para disseminar mensagens de cunho político ou religioso extremista, prejudicar softwares, hardwares e por fim, nos tempos atuais, ganhar dinheiro.

Os malwares de hoje tem intenção financeira. Ou são usados diretamente para roubar os usuários infectados, capturando suas senhas de banco e enviando aos seus criadores, ou escravizando os computadores infectados, que são alugados depois para ataques em massa a redes na Internet. Os grandes produtores de zombie networks faturam alto alugando esse poder de processamento distribuído para pessoas mal intencionadas.

Hoje, até Bob Thomas, criador do Creeper, ficaria assustado.

* Com informações de Engadget

Progesterex, a droga do estupro

Esse boato é bem velho, mas continua se espalhando na Internet e causando terror principalmente em pais de jovens. Trata-se de um alerta para uma droga fictícia chamada Progesterex, supostamente utilizada para esterelização de animais grandes, como cavalos, que estaria sendo usada por homens em baladas para dopar mulheres e estuprá-las.

Segundo o texto, o Progesterex junto com o Rophynol, causa em seres humanos efeitos devastadores: a pessoa fica dopada e desmaia, acorda horas depois sem nenhuma memória do que ocorreu, tem seus membros inferiores paralisados por 8 horas e fica infértil permanentemente. Normalmente a “vítima” acorda cercada de estupradores ou abandonada após ser violentada por vários homens (o texto é bem alarmista).

Acontece que o texto é falso, essa droga não existe e nunca foi relatado nenhum caso parecido ao redor do mundo, desde que o texto circula na Internet, em meados de 1999 (cerca de 10 anos depois ele foi traduzido para o português e circula no Brasil). Vamos aos fatos:

  • Progesterex não existe, não há nenhuma droga ou substância química registrada com esse nome.
  • Animais grandes, como cavalos, são castrados cirurgicamente. Os machos apenas, as fêmeas não precisam de pílula alguma.
  • Se existisse uma droga qualquer que causasse esterelização feminina permanente, ela já estaria sendo vendida legalmente em farmácias sob prescrição médica para evitar intervenções cirúrgicas de ligadura de trompas, por exemplo, que são caras e, como toda cirugia, são invasivas e possuem um tempo de recuperação do procedimento.
  • Se existissem casos como esses relatados no texto do e-mail, isso já estaria sendo noticiado há muito tempo em todas as matérias de TV que falam de violências em boates (pelo menos 1 vez por semana tem um desses, não tem?).
  • Além disso, nenhum nome é citado, nenhuma autoridade é mencionada, apenas o nome do DENARC (Departamento de Investigação de Narcóticos) é utilizado para dar peso ao e-mail, mas não faz sentido. Como alguém vai dar uma “queixa” na DENARC se não sabe quem a drogou? Crime de estupro se denuncia em qualquer delegacia, mais fácil ainda ir na Delegacia da Mulher. Vê como não faz sentido?

Os alertas verdadeiros no meio da mentira

O Rophynol (Flunitrazepam) é um tranquilizante poderoso e que pode causar amnésia em alguns casos. Alguns jovens gostam de misturá-lo à bebida para dar um “barato”, mas pode ser bastante perigoso.

Apesar de apenas 1% dos casos de estupro registrados acusarem o uso de Rophynol pela vítima, e parte deles com consumo consciente, ainda assim é bom ficar esperto com seu copo na balada, em festas, em bares, em qualquer lugar onde você não esteja cercado de pessoas de sua confiança.

Mensagem original “Progesterex, a droga do estupro”

É degradante!! Divulguem Progesterex (Droga do estupro e esterilidade irreversível)

Para que as baladeiras e desinformadas de plantão fiquem atentas.
Rivotril é fichinha perto desse…

ESTÁ NA MODA A DROGA DO ESTUPRO

Advertência sobre uma nova droga que está na moda!!!!!
Homens, passem isto às suas amigas, namoradas, filhas e mulheres.
Pais, alertem os seus filhos e filhas!
As pessoas que costumam freqüentar discotecas, barzinhos ou lugares semelhantes, devem ter muito cuidado e ficar alerta quando alguém oferecer-lhes uma bebida (qualquer bebida) ou descuidar de seu copo.
Há uma nova droga que está na moda e que se chama ‘Progesterex’ . Esta droga está sendo utilizada por violadores em festas para abusar das suas vítimas. Já existem vários relatos e boletins de ocorrências envolvendo essa droga, principalmente com garotas, que no dia seguinte se lembram só de terem entrado na boate, barzinhos e depois disso mais nada.
Como o caso de uma jovem que foi a um bar com as amigas e depois de ter tomado uma bebida no copo errado sumiu sem avisar, e no outro dia amanheceu em um quarto de motel totalmente nua, entre quatro homens desconhecidos. Apavorada e sem conseguir se mover (pois como a droga inibe o sistema nervoso central ela provoca a paralisia parcial nas pernas por até 8 horas após o fim da amnésia). Quando teve condições ligou para que seu noivo fosse buscá-la, depois do exame de corpo delito, foi encontrado esperma de oito (8) homens diferentes que mantiverem relação sexual com ela naquela noite enquanto estava desacordada.
Em nossa delegacia especializada (DENARC) existem vários boletins de ocorrências de situações diversas, ou seja, casos que não são repassados para a sociedade e que tem finalização triste, com conseqüências inimagináveis, bem como com seqüelas gravíssimas.
No último caso registrado uma moça de 28 anos no interior de um barzinho, numa cidade do interior próxima da capital, que somente se recorda quando bebeu seu suco de laranja e acordou em um matagal com 6 homens, inclusive quando despertou estava sendo estuprada por 2 (dois) homens ao mesmo tempo.
Progesterex é utilizada por veterinários para esterilizar animais grandes. Diz-se que esta droga se usa em conjunto com Rophynol, uma droga que ao ser dissolvida em qualquer bebida, produz amnésia (a vítima não se recorda de nada do que se passou!!!).
Progesterex, que também se dissolve fácilmente serve para evitar a gravidez . Desta forma, o violador não tem que se preocupar com testes de paternidade para ser identificado meses depois.
Atenção!! Os efeitos do Progesterex não são temporários. Qualquer mulher que tome isso, JAMAIS, entenda-se bem, JAMAIS PODERÁ TER FILHOS!! Estas pessoas sem escrúpulos conseguem obter este produto muito facilmente em qualquer Faculdade de Veterinária . Também é utilizada para roubos, a homens ou mulheres, ou mesmo para tirar um órgão humano para tráfico de órgãos! OProgesterex está sendo divulgado em muitos lugares havendo mesmo sites que ensinam a usá-lo.

POR FAVOR, REPASSEM PARA TODOS OS SEUS AMIGOS, EM ESPECIAL ÀS MULHERES! Não custa nada e pode evitar problemas…

Por favor, não poupem esforços,DIVULGUEM!!! !!
Recebido via e-mail em 09/02/2011

Novos produtos da Norton chegam ao mercado

Segundo o Relatório de Crimes Cibernéticos da Norton, 65% dos usuários de internet de todo o mundo foram vítimas de algum tipo de crime: vírus, fraude ou roubo de identidade, entre outros. A pior notícia fica para nós, brasileiros: somos, junto com a Índia, o segundo no ranking, com 76% de contaminações.

Com o Norton AntiVirus e Norton Internet Security 2011, apresentados semana passada pelo executivo Dave Cole, a Norton Symantec quer ajudar seus consumidores a terem proteção eficiente e fácil de usar. Os pacotes conseguiram pontuação de proteção de 100% em um novo teste externo realizado pela Dennis Labs. “Os produtos de 2011 foram cuidadosamente planejados para superar os benchmarks de desempenho e proteção que já são líderes da indústria”, contou Dave Cole na coletiva. A Norton também lançou uma ferramenta gratuita para os consumidores, o Norton Power Eraser, feito para detectar e eliminar agressivamente aplicações de antivírus falsas ou “scareware”.

Proteção

De acordo com o último teste externo da Dennis Labs, a Norton ocupou a primeira posição nos testes de detecção de ameaças no mundo real e foi a única empresa a atingir a incrível pontuação de 100% de proteção, obtendo essa distinção pelo segundo ano consecutivo. A Dennis Labs recentemente teve a sua metodologia de testes de segurança no mundo real analisada pela Anti-Malware Testing Standards Organization (AMTSO) e recebeu um nível de conformidade de 100%. Os recursos avançados dos produtos Norton 2011 a seguir ajudam a oferecer boa proteção: Continue lendo “Novos produtos da Norton chegam ao mercado”

Cuidado com o resultado das suas buscas

Semana passada a McAffee divulgou seu estudo sobre os perigos de segurança na internet. A fonte de risco são os sites de busca e a grande questão são buscas por downloads, screensavers e vídeos. Em 2010, os resultados foram menos alarmantes em comparação aos anos anteriores, mas ainda há riscos, avisa Dave Marcus, pesquisador de segurança do McAffee Labs. Claro que os golpistas sofisticam suas técnicas, da mesma forma que nós, usuários, buscamos segurança. A questão é que hoje os scammers estão em busca de lucros – e visam, principalmente, o público fora dos Estados Unidos, segundo a pesquisa de 2010.

No caso de algumas palavras-chave, como “screensavers” (protetores de tela populares) e “descargar google” (baixar google), e algumas de suas páginas de resultados, o risco pode ser imenso, 75% ou mais dos resultados (três em cada quatro) podem aumentar o risco à segurança na Internet.

Isso não surpreende quem acompanha as tendências de segurança. Uma vez que os hackers em busca de fama foram substituídos pelos hackers em busca de lucro, essas pessoas mal intencionadas foram sofisticando cada vez mais sua habilidade de encontrar grandes grupos de vítimas em potencial. Ao medir o risco relativo de termos de busca populares, esse estudo confirma que os scammers continuam a visar grandes grupos de vítimas.

Mas esse estudo também encontrou interessantes evidências contrárias. Estudos anteriores da McAfee sobre segurança da internet demonstraram que cerca de 4% dos sites apresentavam risco. Essa é uma medida ampla do risco geral que enfrentamos ao utilizar a web. Em contrapartida, o nível de risco médio de todas as páginas de resultados que estudamos foi de apenas 1,7%.

As palavras mais perigosas em buscas em todo o mundo

  1. Screensavers (Protetores de tela)
  2. Free Games (Jogos grátis)
  3. Trabalho em casa
  4. Rihanna
  5. Webkinz
  6. Powerball
  7. iPhone
  8. Jonas Brothers
  9. Crepúsculo
  10. Barack Obama
  11. Taxes (Impostos)
  12. Viagra

A isca para os internautas distraídos são celebridades.

  1. Cameron Diaz
  2. Julia Roberts
  3. Jessica Biel
  4. Gisele Bündchen
  5. Brad Pitt
  6. Adriana Lima
  7. Jennifer Love Hewitt e Nicole Kidman
  8. Tom Cruise
  9. Heidi Klum e Penélope Cruz
  10. Anna Paquin

No Brasil, os termos de busca mais perigosos são segundo a empresa:

  1. Globo
  2. Juliana Paes
  3. Google Talk
  4. Google Toolbar
  5. Orkut
  6. Corinthians
  7. Palmeiras
  8. Tradutor
  9. MSN
  10. Músicas

Para ajudar o internauta, a empresa oferece o McAffee Site Advisor, sistema que informa a segurança do site visitado.

* foto: paul.klintworth em CC

4 dicas para a sua segurança online

Uma pesquisa da Opiniões de Valor, feita no fim de 2009 para a VeriSign revelou que 73% dos internautas brasileiros não são capazes de identificar as formas de phishing. No Brasil as principais questões, por ordem de importância:

  • Erros ortográficos – 73% enganados.
  • Inexistência do símbolo do cadeado na barra de endereço do navegador – 54% enganados
  • Solicitação de informações adicionais sobre conta – 36% enganados
  • URL contendo um nome de domínio numérico e não-específico – 33% enganados

Para saber se um site é genuíno ou não, e se ele protege seus dados pessoais, preste atenção nestes itens:

Barra de HTTPS no Firefox

Barra de HTTPS no Firefox

1. https:// o “s” no https:// significa que o site é criptografado, portanto as informações inseridas no site estão seguras. Apesar de alguns sites de phishing possuírem um endereço de Web seguro, muitos não têm. Portanto, os visitantes do site devem estar atentos para a falta de segurança em sites que deveriam tê-la. A Webjet, por exemplo, não tem área de compras fechada, mas não é um site de phishing (embora exponha os dados de seus clientes na internet).

Cadeado de segurança no Internet Explorer

Cadeado de segurança no Internet Explorer

2. O ícone do cadeado: para ser verdadeiro, este ícone deve aparecer no navegador e não dentro do conteúdo da própria página.

3. Marcas de confiança: pistas visuais simples sob a forma de logotipos populares podem mostrar que um site é autenticado e seguro e que a empresa é respeitável.

4. Verifique o endereço: suspeite de qualquer site com um domínio desconhecido e que contenha o nome de um site conhecido na última parte do seu endereço Web.

Barra de HTTPS no Firefox

Barra de HTTPS no Firefox

5. Barra de endereços verde: isso significa que este site tem autenticação, de modo que você pode ter certeza que é o site que afirma ser.