Blogs brasileiros encontram o iG

Seguindo a linha de encontros promovidos pelo Manoel Fernandes da Revista Bites, aconteceu na última sexta-feira, dia 21 de Setembro, um café da manhã no escritório do iG em São Paulo. Entre os presentes, praticamente o mesmo número de pessoas de cada lado, um grupo pouco maior que o do encontro anterior, no Yahoo! Brasil. […]

iG LogoSeguindo a linha de encontros promovidos pelo Manoel Fernandes da Revista Bites, aconteceu na última sexta-feira, dia 21 de Setembro, um café da manhã no escritório do iG em São Paulo. Entre os presentes, praticamente o mesmo número de pessoas de cada lado, um grupo pouco maior que o do encontro anterior, no Yahoo! Brasil.

O Internet Group do Brasil, que já teve sua sigla associada a Internet Grátis e Internet Generation, se mostrou interessada no que os blogs representam na chamada Web 2.0, conteúdo gerado por consumidor, colaborativismo, etc e tal. Citaram o slogan “O mundo é de quem faz” como sendo focado justamente nisso, mas em alguns momentos ainda se mostraram bastante ligados ao pensamento 1.0 da Internet, principalmente quando se trata de publicidade. Esse pareceu ser o motivo do encontro em primeira instância e por conta disso uma pergunta foi levantada algumas vezes: Como vender publicidade em blogs? Que formatos são interessantes, tanto para o blogueiro quanto para o anunciante? Quais são os limites?

Em minha modesta opinião (e acredito que de muitos outros), banner é um formato que já deu o que tinha que dar. Não adianta muito mudar os tamanhos ou a localização deles na tela, o que não funciona mais é o tipo de publicidade – exibição de uma mensagem em formato gráfico estático ou animado, em local estabelecido, contando-se pageviews e/ou clicks como modelo de tarifação. Não dá, já era. O usuário se acostuma com banners e passa a não enxergá-los na página ou pior, se irrita com a presença e utiliza plugins que os escondam.

A publicidade online precisa amadurecer, se renovar, da mesma forma que hoje vemos muitas peças offline com interferência na mí­dia ou no ambiente, peças inteligentes para a web podem ser feitas, aumentando consideravelmente o percentual da verba destinada í  Internet – atualmente em 3% no Brasil contra 10% nos E.U.A. A Internet tem um grande potencial porque o ambiente permite que se personalize ao máximo, podendo chegar até a uma individualização de publicidade – talvez o máximo de direcionamento que podemos atingir hoje.

Além de propaganda, o iG quer e tem investido em conteúdo para o seu portal. Através de parcerias estratégicas, agregando sites e blogs em seu portal – o Interney.net, por exemplo – o iG não precisa criar equipes internas para produção de conteúdo, podendo focar no destaque desses parceiros, na venda de publicidade e na busca por mais usuários para os diversos serviços oferecidos. Isso é uma bom movimento, tanto para o iG quanto para os usuários e parceiros, que encontram no portal mais uma forma de divulgar o seu trabalho, aumentar a audiência e promover uma rentabilidade que o mantenha na estrada.

Foi um encontro bastante agradável. Conversamos bastante sobre Internet, blogs e obviamente houve momentos de total descontração, como ao descobrir que o nome Blig – o serviço de blog gratuito do iG – surgiu de um “insight etí­lico”. É como dizem, não conheço nenhum caso de bons amigos e boas idéias que tenham surgido ao redor de um copo de leite.

Estiveram presentes os blogueiros Lúcia Freitas, Gabriel Tonobohn, Lu Monte, Edney Souza, Tiago Dória, Bruna Calheiros e Patrí­cia Albuquerque, além da equipe do iG, entre eles o Caio Túlio (presidente), Gian Filli (CEO), Alex Rocco (marketing), Caique Severo e Ale Blanco (conteúdo), Marcela Tavares (web2.0), Andrea Bloglia (publicidade) e Ana Paula Piovesan (inteligência de mercado).

Veja as fotos do encontro com o iG no Flickr

Outros encontros já estão sendo marcados, dessa vez com várias empresas ao mesmo tempo e com um número maior de blogs. Serão eventos temáticos que acontecem í  partir da última semana de outubro. Quer participar? Fala aí­.

[tags]Blogosfera, Blogs, Encontros, iG[/tags]

Comentários sobre "Blogs brasileiros encontram o iG"

11 comentários arquivados em “Blogs brasileiros encontram o iG

  1. O IG é uma entidade esquizofrênica na internet brasileira – ao mesmo tempo que está muito í  frente da concorrência (Terra e UOL) em termos de entender que o conceito de ‘portal’ em 2007 não é o mesmo conceito de ‘portal’ em 2000, tenta colocar as mudanças que o UGC traz dentro das ‘caixinhas’ do mundo da bolha dot-com ao qual estão acostumados.

  2. Olá Manoel, achei ótima a iniciativa de vocês e desde já manifesto meu interesse em participar de encontros deste tipo. Conte comigo. Parabéns a todos que participaram e a nós, blogueiros, que assim podemos ver boas mudanças no horizonte que se aproxima. Grande abraço.

  3. Manoel,

    Estes encontros sempre são muito proveitosos, é uma pena que eu moro tão longe do centros onde as coisas estão acontecendo.

    Sobre a parceria do ig com o Interney, você percebeu que eles não tiveram que mudar suas url e colocar um IG no meio?

    Assim seria melhor naquele projeto.

    Abração

  4. Manoel, tenho muito interesse em participar de encontros futuros.

    Como faço pra me inteirar í  respeito?

    Abraço

  5. Estou gostando destes eventos de blogueiros com empresas. Mas, ainda estou esperando o Google hehe

    Dependendo do local, eu participaria sim!

    Abraço!

  6. Muito bom, essas reuniões com certeza devem trazer bons frutos em um futuro próximo, torço para que leve benefí­cios para vários blog. Abraço Manoel.

  7. Link Externo: O ATESTADíƒO - O Jornal que vem na contramão

  8. Todo bate-papo dessa natureza é vantajoso para ambos os lados.
    O IG se demonstra sempre amigável í  novas idéias, pena que outros portais não sigam o exemplo…

  9. Pessoal,

    Obrigado pelos comentários. Realmente há muito ainda que se trocar de informações entre nós e portais, sites de notí­cias, empresas em geral. O que entendemos eles não enxergam, mas eles entendem de business e muitos de nós não conseguem enxergar isso. Um intercâmbio é vantajoso para ambas as partes.

    Sobre os encontros, vou publicar um post daqui a pouco.

    Abraço

  10. Esse encontro parece que também foi interessante e proveitoso. Uma vez assisti a uma palestra do Caio Túlio, já no iG, e fiquei impressinado com o conhecimento dele sobre web 2.0, colaboração, essas coisas.

  11. Link Externo: Café-da-manhã com o iG » Dia de Folga - opinião com gelo e laranja